05.03
2017

Bélgica: Roteiro de 1 dia em Gent, a cidade das 3 torres

Gent é uma cidade universitária localizada na região de Flandres, no norte da Bélgica, exatamente no meio do caminho entre Bruxelas e Bruges. E por esse motivo, a maioria das pessoas apenas fazem um bate volta até lá, afinal, é totalmente viável fazer isso. Gent fica a 50 km de Bruxelas e a 39 km de Bruges.

DSC_1440

Mas o que muitas pessoas não sabem é que, Gent recebe um numero enorme de excursões durante algumas horas do dia e no restante do dia e a noite, a cidade fica praticamente deserta. Com isso, vem a boa notícia, os preços das hospedagens são muito mais baratas que em Bruxelas e Bruges. 

Apesar de ser uma cidade relativamente grandinha (para os padrões belga), a parte mais turística da cidade é super compacta. A maior parte das atrações ficam nos arredores do encontro dos rios Leye e Scheld, com várias pontes,  facilitando a exploração da cidade a pé.

IMG_8325

Começamos o nosso roteiro pela atração que estava mais perto do nosso hotel (clique aqui para ver o post -> Dica de Hotel em Gent: B&B Snooz Inn), o Portus Ganda, um lugar as margens do rio Leye cheio de casinhas coloridas.

DSC_1355

Caminhamos cerca de uns 10 minutos até chegar na Vrijdagmarkt, uma praça com casinhas tipicas holandesas, transformadas em restaurantes, pubs, mercados e lojas. A praça tem esse nome pq desde o século 12, todas as semanas é montado um mercadinho ali, onde são vendidos praticamente tudo, desde comida, artesanatos e até antiguidades. Infelizmente nos dias que estivemos lá o mercadinho não estava montado, mas aproveite pra fotografar a praça e conhecer a estatua de Jacob van Artevelde, localizada no centro da praça, um líder politico muito importante para a cidade.

DSC_1605

DSC_1594

DSC_1607

DSC_1602

Nossa próxima parada foi a Praça de São Bavão (Sint Baafsplein), local onde surgiu a cidade de Gent. É nesse local onde fica a Catedral de São Bavão (Sint-Baafskathedraal), considerada a principal igreja da cidade. Essa igreja foi construída durante o século 15 para prestar uma homenagem ao Santo Bavão, padroeiro da cidade. Se você for visitar a cidade nos próximos meses, vai ver que a torre principal está sendo reformada, pelo que fiquei sabendo, essa obra deve ser concluída no final agora de 2017.

DSC_1384

A atração mais importante dessa igreja é a obra chamada de Retábulo de Gent ou A Adoração do Cordeiro Sagrado, obra de Hubert van Eyck e Jan van Eyck (tem uma escultura com eles nos fundos da igreja, os irmãos van Eyck estão sentados no centro). Essa obra é formada por 12 pequenos painéis, pintados frente e verso, sendo que oito deles são como janelas que podem fechar. Não deixe de reparar que o painel do canto esquerdo foi roubado e é o único que é uma reprodução. Os outros painéis são todos originais. Caso você perceba que um dos painéis está em preto e branco, isso significa que eles está passando por restauro e pra não deixar o espaço vazio, essa foi a solução encontrada. Os restauros dos painéis vão durar 7 anos, com data marcada para terminar os trabalho somente em 2019.

DSC_1534

DSC_1364

O retábulo está localizado logo na entrada, no lado esquerdo, em uma salinha com condições de temperatura e iluminação especiais. É necessário comprar ingresso para ter acesso a essa obra (em setembro de 2016, o valor do ingresso era de 4,00 euros). E já adianto, vale cada centavo. Tem áudio guia também, se quiser ouvir alguma explicação. Vale a pena também dar uma voltinha pela igreja, ali estão obras de artistas como Crayer, Rubens, entre outros. Não deixe de reparar nos vitrais, um mais bonito que o outro. A entrada na igreja é gratuita.

DSC_1372

DSC_1368

DSC_1370

DSC_1373

Do outro lado da praça fica o Campanário de Gent (Belfort van Gent), construída durante o século 14. Em 1999 foi declarado Patrimônio da Humanidade pela Unesco, compondo o Conjunto de Campanários da Bélgica e França.

DSC_1374

DSC_1378

DSC_1422

Se antigamente a torre servia de local para vigiar a cidade, atualmente, no alto dos seus 91 metros de altura, oferece uma das melhore oportunidades de ver a cidade de Gent do alto. Imperdível! Durante o processo de subida até o alto da torre, a gente vai passando por um pequeno museu dividido em varias partes, cada etapa conta sobre a história da cidade, sobre o campanário, sobre o relógio, entre outros assuntos relacionados.

DSC_1388

DSC_1392

A subida é feita por escadas (logo no inicio e no final), mas o restante da subida é de elevador. Em setembro de 2016, o valor do ingresso era de 8,00 euros.

DSC_1393

DSC_1400

Repare que nessa praça ainda tem duas outras construções que acabam chamando muito atenção: a Stadhuis, a prefeitura de Gent, com um mix de estilo e a Poeljemarkt, um pavilhão com estrutura super moderna, onde acontecem apresentações culturais.

DSC_1408

Poucos passos adiante está a Igreja de St Nicholas (Sint Niklaaskerk), a igreja mais antiga entre as principais igrejas da cidade, pois foi construída durante o século 13. Entre os principais destaques estão a obra o Cristo na Cruz de van Dyck e o orgão da igreja, que veio da França. Entrada gratuita.

DSC_1382

DSC_1426

DSC_1429

Ao chegar na Ponte de São Miguel (Sint-Michielsbrug), antes de se impressionar com a próxima atração, vire para tras. É dali onde se tem a melhor vista das 3 Torres símbolos da cidade, a torre da Catedral de São Bavão, do Campanário e da Igreja de St Nicholas.

DSC_1455

DSC_1439

Do alto dessa mesma ponte, da pra ter uma visão da próxima atração a ser desbravada, os calçadões Graslei (lado direito do mapa) e Korenlei (lado esquerdo do mapa), localizados as margens do rio Leye.

DSC_1449

Essa parte da cidade da pra ser explorada a pé ou de barco (apesar de a gente não ter feito, eles duram 40 minutos e o tour parte da Graslei). Antigamente essa cidade era um antigo porto da cidade, mas atualmente, principalmente em um belo dia de sol, como tivemos a sorte de pegar enquanto estávamos lá, vimos várias pessoas sentadas as margens desses dois calçadões conversando e curtindo a vibe da cidade. A noite esse lugar também se transforma na melhor opção, afinal, é onde estão alguns hotéis, museus, lojas (lojas de chocolate!!), restaurantes e bares da cidade.

DSC_1461

DSC_1539

DSC_1549

DSC_1557

A próxima atração que visitamos foi o Gravensteen, o castelo dos condes de Flandres. É um castelo medieval super bem conservado, construído durante o século 12, para defender a cidade. Os dois grandes destaques desse lugar, na minha opinião, são: caminhar pelas muralhas, de onde se tem ótimas vistas da cidade e visitar a sala de torturas, com uma grande coleção de instrumentos (guilhotina, objetos de tortura e tem até uma masmorra) e técnicas de tortura usada contra inimigos que tentavam invadir a cidade. Valor de 10,00 euros em setembro de 2016.

IMG_8095

DSC_1467

DSC_1468

DSC_1513

DSC_1515

DSC_1494

DSC_1473

Caminhando pelos arredores do castelo, chegamos a Ponte Kleine Vismarkt, localizada perto de dois grandes mercados da cidade, o Vismarkt (mercado de peixes) e o Vleesmarket (mercado de carnes). Na região onde estão esses mercados, existe uma série de café e lojinhas legais. Quando estivemos lá, essa área tinha uma obra na rua, o que prejudicou um pouco nossas fotos, mas deu pra conhecer tranquilamente.

DSC_1524

DSC_1584

DSC_1530

DSC_1528

Aproveite pra caminhar pela Langemunt, uma rua para pedestres cheia de lojas de marcas nacinais e internacionais. No fim dessa rua, sentido contrario de onde está a Vrijdagmarkt, fica o Korenmarkt, outro mercado importante da cidade. Antigamente era onde eram comercializados os grãos na cidade, mas atualmente é uma região cheia de restaurantes e bares (fica quase ao lado da Igreja de St Nicholas).

IMG_8159

IMG_8157

E pra terminar nosso dia em Gent, ainda passamos meio sem querer pela Werregarensteeg, a rua dos grafites. É uma área aberta, com várias obras de grafite. Como dá pra imaginar, super coloridos. Vale a pena caminhar por ali alguns minutinhos.

IMG_8156

IMG_8154

IMG_8146

Apesar de não termos visitado, Gent conta com 3 museus: Museum voor Schone Kunsten (Museu de Belas Artes), SMAK (Museu de Arte Contemporânea) e o Design Museum. Fica a dica!

→ Outras informações

Gent tem cinco estações de trem, mas as principais são: Gent-St-Pieters (a maior de todas e ainda é uma estação internacional, pois da pra ir até Lille, na França) e a Dampoort (mais usada para deslocamentos dentro das cidades da região de Flandres). Nós chegamos de Bruxelas na estação de St-Pieters e la pegamos outro trem para Dampoort, que ficava localizada perto do nosso hotel. Para todos os outros deslocamentos, só usamos a Dampoort.

DSC_1615

Se estiver na cidade em uma quinta-feira, aproveite para participar da Donderdag Veggiedag, uma espécie de dia vegetariano. Existem diversos restaurantes específicos e alguns tem cardápios especiais nesse dia. Além disso, pelo que li, dizem que escolas e organizações publicas só servem comida vegetariana nesse dia.

DSC_1624

No norte da Bélgica, na região de Flandres, existem algumas comidas e bebidas tipicas. Nós provamos algumas, como: Waterzoii (pedaços de carne ou peixes, servidos com vegetais na nata e gema de ovo) e Stoofvlees ou Stoverij Carbonade Flamande (uma carne cozida com cerveja, acompanha batata frita), Presunto Ganda. Não deixe de provar as geleias da Callas Confiture, são maravilhosas! Gruut é uma cerveja artesanal produzida na cidade.

DSC_1632

Obs.: Como a cidade está localizada na região de Flandres, a parte holandesa da Bélgica, eu usei nesse post o nome da cidade em holandês, mas o nome da cidade em francês é Gand, em inglês Ghent e em português Gante. Não se assuste com isso, pq todas essas variáveis são facilmente encontradas por ai!

** Precisando de hotel em Gent, inicie as pesquisas aqui.

** Precisando de seguro viagem, inicie as pesquisas aqui.

** Precisando alugar um carro? Inicie as pesquisas aqui e/ou aqui.

Se você gostou das dicas, ao reservar hospedagem, seguro viagem e aluguel de carro aqui pelo blog, nós ganhamos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Obrigada! :D

Posts relacionados: 

Todos os posts sobre a Bélgica

Todos os posts sobre Gent

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Bélgica, Gent - , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
Compartilhe
Deixe um Comentário
4 comentários em "Bélgica: Roteiro de 1 dia em Gent, a cidade das 3 torres"
  1. Cintia - História e Viagens   12/10/17 • 23h37

    Oi Bruna, obrigada pelas dicas, já coloquei-as integralmente no meu plano! :)

    • Contando as Horas   21/10/17 • 00h39

      Oi, Cintia

      Obrigada pela mensagem e visita aqui no blog!!! :D

      Aproveite Gent, foi uma das cidades que mais gostei na Bélgica!

  2. Loide Maria   29/10/17 • 15h53

    Muito obrigada,Bruna e Raul por compartilhar essas dicas que, claro, amei! Parabéns pelas fotos também!

    • Contando as Horas   30/10/17 • 00h13

      Oi, Loide

      Muito obrigada pelo comentário!! Ficamos felizes que tenha gostado!

Blog Membro RBBV
Contando as Horas
Essa manhã eu teria embarcado para o Brasil. Além das 18 mil coisas que tinha planejado fazer em 10 dias, a mais importante era conhecer minha sobrinha 🥰 (e também, rever meus sobrinhos de quatro patas 🐕🐕 - não esqueci de vcs, não sou uma tia desnaturada 😁). A gente já tinha até planejado um churras com camarão empanado de entrada, lembra @yasminbartolamei ? 😂Otimização de tempo é tudo numa viagem. Impossível comer todas as coisas que tenho saudades (e repetir algumas) em apenas 20 refeições. 🤰🏻😅😆
.
Enquanto isso, depois de 52 dias de quarentena, estou aqui acompanhando Portugal deixar o estado de emergência e passar para o estado de calamidade, situação onde as medidas de isolamento ficam um pouco mais brandas para facilitar esse período de transição para a normalidade.
.
Eu espero que as pessoas não sejam irresponsáveis e sem noção nesse momento, pq o isolamento obrigatório pode voltar.
.
Ontem qdo sai de casa para comprar máscara (a partir de hj o uso é obrigatório em todos os ambientes fechados, como por exemplo, mercado, lojas, bancos, transporte público, entre outros), por exemplo, já vi uma cena que prefiro nem comentar. Além de todas as incertezas que o momento já nos coloca, certamente vamos precisar de muito mais sorte para lidar com esses seres irresponsáveis do que com o vírus.
.
Não vou me alongar muito nesse blablabla, pq a loucura dessa nova realidade está só começando.
.
Mas voltando a minha viagem.. Eu sei que meu pai estava contando os segundos pra ter alguém em casa pra implicar 🤣 e minha mãe estava ansiosa pelos nossos lanchinhos e risadas na madrugada (sim, somos duas 🦉🦉). Véééiooo e Véééiaaa.. em 2021 estarei ai! 🇵🇹✈️🙏🏽🇧🇷🤩
.
Essas foram as últimas fotos que tirei lá em casa, no Brasil, em fevereiro de 2019. ☺️
18.04.2020: UM ANO EM PORTUGAL! 🥰🥰🥰
🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹
.
Queria escrever algo interessante sobre esse momento pra deixar aqui registrado, mas não ando muito inspirada. Como nessas últimas semanas tenho recebido algumas msgs relacionadas a pandemia/quarentena, vou falar sobre isso.
.
02 de março foram divulgados os primeiros casos de coronavírus em Portugal. Dia 11 de março a OMS declarou pandemia de coronavírus. Dito isso...
.
No inicio, o governo português declarou estado de alerta, logo na sequência foi declarado estado de emergência (já foi renovado 02 vezes).
.
Nos primeiros dias os mercados estavam um verdadeiro caos. Muitas pessoas. Muitas coisas faltando (principalmente papel higiênico, carnes, frutas e verduras). Nas últimas semanas a situação voltou a normalidade.
.
As atrações turísticas, lojas, restaurantes (seguem funcionando, mas no esquema de take away/entrega a domicílio), bares, academias, entre outros tipos de comércio fecharam suas portas e assim permanecem até então.
.
As Farmácias e os Mercados estão funcionando no esquema de sai 1 entra 1, portanto, exige paciência.
.
Os transportes públicos em Lisboa estão funcionando com horários reduzidos. Não andei mais de metro, mas li nos jornais que o acesso está liberado para todas as pessoas, as catracas estão livres. Também li que começaram a fazer controle de temperatura nas entradas das estações.
.
Os 3 principais aeroportos de Portugal (em Lisboa, no Porto e em Faro) fecharam durante o período de Páscoa. E nos demais dias estão operando apenas para pouquíssimos voos comerciais, mas principalmente para voos humanitários, de repatriação ou de transporte de mercadorias.
.
Lisboa está deserta. Se você sair de casa, independente do horário, parece sempre domingo 07:00 da manhã. Tudo vazio. Poucas pessoas nas ruas.
.
A maioria das pessoas tem usado luvas e máscaras. Eu não tenho usado, pq só tenho saido de casa para ir ao mercado e algumas vezes pra caminhar.
.
E pra todos que me mandaram msgs pedindo como eu estou: depois de 38 dias de quarentena, posso dizer que já ando um pouco entediada, mas estou bem. ☺️
.
Essas são algumas fotos que tirei ao longo desse ultimo ano. 😁
#tbt 2020, nós mal nos conhecemos e não estou gostando nada do que tem acontecido. 😰😰😰
.
2019 precisou de 12 meses pra ser ruinzinho. Já 2020, em apenas 3 meses, chegou metendo os dois pés nas costas. 😰😰😰 Meeedooo dos próximos 9 meses!!! 🤭
.
Se eu soubesse que 2020 seria assim, eu teria viajado o mês de janeiro inteiro pelas Arábias. 🤷🏻‍♀️😅😁
.
Eu sei que ninguém anda muito interessado em consumir dicas de viagens por esses dias, mas já vou deixar registrado aqui para os dias melhores que virão: Doha tem varios museus, mas sem dúvida, os 2 mais visitados, são: o Museu de Arte Islâmica (fotos) e o Museu Nacional do Catar. Se tiver que escolher apenas um pra visitar, eu recomendo o Museu Nacional do Catar, vale cada centavo (até pq, o valor dos bilhetes não são nada baratos). Já o Museu de Arte Islâmica vale mais pelo seu exterior.
.
📍Doha, Catar 🇶🇦
.
#museumofislamicart #doha #catar #qatar #orientemedio #middleeast #ficaemcasa #fiqueemcasa #stayhome #quarentenanaosaoferias #quarentena #quarentine #pandemia #seemydoha #mydoha #dohaqatar #dohainstagram #doha2020 #instadoha #qatar2022 #qatarphoto #essemundoenosso #travelgirl #mulheresviajantes #amoviajar #qatarairways #viajar #brasileirosnocatar #brasileirosnoqatar
Khor Al Abaid 🐪 🌵☀️⛺️
.
Existem diversos tours no deserto: para ver o sol nascer, dia todo (com almoço e algumas atividades), para passar a noite e para ver o por do sol (foi o que escolhi).
.
Água do mar é morninha e eu achei beeem mais salgada que o normal.
.
Nessa foto da pra ver as aguas do mar encontrando as areias do deserto. 💛
.
2 segundos antes dessa foto, enquanto eu me arrumava, esse camelo ousado tentou me dar um beijinho 😂😂😂 Quase morri do coração!! 😅
.
📍Catar 🇶🇦
.
#khoralabaid #catar #qatar #desertsafari #sunsetdesertsafari #alkhordesert #orientemedio #middleeast #essemundoenosso #travelgirl #mulheresviajantes #amoviajar #qatarairways #viajar #brasileirosnocatar #brasileirosnoqatar #viagemeturismo
Catar / Qatar 🇶🇦🇶🇦
.
Vim com expectativa altíssima e ainda assim me surpreendi com tudo que vi.
.
Amei a comida. Os árabes são muito de boa (só não da pra tirar foto haha). Quero comprar todos os caquedos que vejo nas lojas, acho tudo lindo. Temperatura sensacional nessa época.
.
Na foto: Deserto de Khor Al Abaid, localizado ao sul de Doha, na fronteira entre o Catar e a Arábia Saudita. É um dos poucos no mundo onde o mar invade as areias do deserto.
.
📍Catar 🇶🇦
.
#khoralabaid #catar #qatar #desertsafari #sunsetdesertsafari #alkhordesert #orientemedio #middleeast #essemundoenosso #travelgirl #mulheresviajantes #amoviajar #qatarairways #viajar #brasileirosnocatar #brasileirosnoqatar #viagemeturismo
2019 foi um ano com muitas coisas boas e algumas ruins, mas prefiro lembrar apenas dos melhores momentos. 😅☺️😁
.
Comecei o ano recebendo a notícia de que meu visto para morar em Portugal tinha sido concedido (sem necessidade de entrevista).
.
Coloquei a venda meu apartamento em Curitiba (já foi vendido).
.
Me mudei para Portugal (demorei mais do que o previsto para encontrar um apartamento como eu queria, mas valeu a espera, amo esse bairro onde eu vivo).
.
Estive na Croácia pela 3x (ainda quero ir mais uma).
.
Minha sobrinha nasceu (virei Dinda!!).
.
Voltei pela milésima vez a Escócia (Meu país preferido!!)
.
Voltei a Berlim (dessa vez para ver os mercadinhos de Natal).
.
E terminei o ano passando rapidamente por Londres (eu não queria, fui obrigada hahaha)
.
2019 me deu a oportunidade de viver esses bons momentos, mas sinceramente, não vou sentir saudade!
.
Seja muito bem-vindo 2020 (espero que esse ano seja muito melhor)!
.
Desejo a cada um de vocês um excelente ano de 2020, com muita saúde (o resto a gente sempre da um jeito)!!
.
🎊🥂🍾✈️💐💞
.
📍Lisboa, Portugal 🇵🇹
.
#felizanonovo #feliz2020 #lisboa #lisbon #lisboaportugal #lisbonportugal #portugal #visitportugal #vidaemportugal #travelgirl #viajemais #woman #essemundoenosso #igportugal #viajar #mulheresviajantes #brasileirosemportugal #instagramcml #viagemeturismo #agenciadeviagem #travelphotography #cahemportugal #lookdodia #lisboalovers #lisboacool #visitlisboa #meusroteirosdeviagem #lisboa_pt
Contando as Horas