27.06
2017

Roteiro da viagem a Escócia em 2017

Fazia muito tempo que não escrevia um post introdutório com uma visão geral de alguma das minhas viagens.

IMG_1202

Como algumas pessoas não conseguiram acompanhar toda essa viagem pela Escócia através do Instagram Stories e me pediram pra fazer um resumo de tudo que fiz por lá, aqui estou eu apresentando o meu roteiro de quase 20 dias somente em território escocês. Sou muito legal, né?!? :D 

→ Chegando na Escócia

Eu cheguei na Escócia de avião, vindo de Budapeste. Existe um voo direto da empresa de baixo custo britânica Jet2, que vai de Budapeste até Edimburgo. Essa empresa é bem legalzinha, já tinha voado com eles em uma outra oportunidade, ainda qdo morava em Edimburgo, mas naquela oportunidade eu fui pra Split, na Croácia.

Os horarios sao otimos. O preço não é super baixo custo, mas tava bem mais barato do que se eu voasse com alguma cia aérea tradicional. E ainda, nesse meu caso, se eu voasse com a British Airways, eu teria que fazer uma conexão em Londres, coisa que eu não queria.

Na verdade, meu plano inicial era chegar em Glasgow, mas a Easyjet, unica opção de cia aérea nesse caso, tinha uns horarios péssimos.

IMG_1087

→ Edimburgo – Parte 01

Como minha viagem começou em Edimburgo, eu aproveitei pra ficar 2 dias inteiros (sábado e domingo). Teve sol os dois dias, com temperaturas relativamente agradaveis.

Eu aproveitei que era final de semana e dei uma caminhada geral por praticamente todas as partes da cidade (Old Town, New Town, Stockbridge, Dean Village, entre outros).

Nessa parte da viagem eu me hospedei no novissimo Courtyard by Marriott Edinburgh Hotel. Esse hotel foi inaugurado em dezembro de 2016. A localização é otima, 3 quadras da Princes Street, quase ao lado do Omni Centre.

IMG_5449

→ Pitlochry

Minha viagem seguiu de trem até o vilarejo de Pitlochry. Essa cidade fica a 1 hora e 40 minutos de trem de Edimburgo.

O principal motivo que me levou até lá foi o local onde me hospedei, um hotel em castelo, o Fonab Castel Hotel.

Algumas pessoas me perguntaram pq não postei nada sobre lá e minha resposta é simples: eu não sei ainda se realmente gostei desse hotel. Na verdade, eu gostei bastante da estrutura do hotel em si, mas o atendimento e mais algumas coisinhas, achei q deixou um pouco a desejar, já que esse hotel se classifica como um hotel castelo 5 estrelas. Esperava um pouco mais! Maiores detalhes eu conto no post especifico que vou escrever ainda.

Lá eu aproveitei pra conhecer algumas destilarias de whisky, castelos e uma loja que vende artigos de marcas escocesas (principalmente), além de outras marcas internacionais.

IMG_2020

→ Stonehaven, Aberdeen e a Castle Trail

De Pitlochry eu segui viagem de trem até Stonehaven. Esse trajeto tem uma conexão em Perth no meio do caminho (uns 30 minutos mais ou menos).

Eu optei por ficar em Stonehaven por dois motivos: os dois hoteis que eu tinha gostado em Aberdeen estavam com o tipo de quarto que eu queria esgotados (so restando suites e coisas do tipo, não fazia sentido pagar bem mais caro nesse caso) e pq gostei dessa cidadezinha, achei q ia ser legal me hospedar ali. Me hospedei no Bayview B&B.

A partir de Stonehaven eu fui um dia a Aberdeen, outro dia fiz uma parte da Castle Trail (mas tive que abandonar no meio do caminho pq dei um mal jeito no meu pé) e o ultimo dia fiquei em Stonehaven (também conheci o Dunnottar Castle).

IMG_2713

→ Glasgow, Stirling e Linlithgow

De Stonehaven eu segui viagem para Glasgow, onde montei base para explorar Stirling (e o Doune Castle) e Linlithgow. Eu já conhecia essas duas cidades, mas fazia tanto tempo, que quis incluí-las novamente no meu roteiro. Stirling e Linlithgow ficam apenas 30 minutos de trem de Glasgow. Super tranquilo!

Em Glasgow eu me hospedei em um dos hotéis mais novos da cidade, o Dakota Deluxe Hotel.

IMG_2890

→ Dunblane

De Glasgow eu segui de trem para a cidade onde nasceu o tenista escocês Andy Murray. Aproveitei pra dar uma voltinha pela cidade, que é suuuper bonitinha, e depois segui para um hotel localizado em uma mansão histórica, Cromlix Hotel.

Esse hotel fica a uns 10 minutos de carro do centro de Dunblane. Pra ir até lá, é necessario agendar um transfer atraves do hotel. O Mr Reeve é suuuper simpatico, uma figura. Ri muito com ele o caminho todo!

IMG_3401

→ Edimburgo – Parte 2

De Dunblane eu segui para minha segunda e ultima parada em Edimburgo, onde fiquei uma semana inteirinha por la.

Além de ficar alguns dias na cidade, eu também aproveitei pra conhecer North Berwick, Dunfermline e fiz um tour pelas locações onde foram gravadas algumas cenas de Outlander.

Nessa etapa da viagem eu me hospedei em mais 3 hoteis: The Inn on the Mile (fica na Royal Mile), The Hub by Premier Inn Royal Mile (localizado na região recem revitalizada de New Waverley, nao confunda com o The Hub by Premier Inn Rose Street) e no hostel Code – Pod Hostel Edinburhg (localizado na Rose Street), dica de um leitor aqui do blog.

IMG_4300

→ Algumas considerações

– Adorei a experiência de me hospedar nesses hotéis castelos / mansões históricas. É bom pra quebrar um pouco o ritmo louco da viagem.

– Se tivesse que mudar algo no roteiro, eu teria ficado um dia mais em Pitlochry ou quem sabe iria para Aviemore, mas ai precisaria de mais 2 dias (ali nessa região tem algumas das destilarias de whisky mais famosas da Escócia).

– Quem quiser incluir em algum momento Inverness e/ou Skye no roteiro, isso deve ser feito depois de Pitlochry, é a melhor opcão.

RESERVE PELO BLOG:

** Roteiro personalizado.

** Hotel na Escócia.

** Seguro Viagem.

** Carro no Brasil ou no exterior.

Se você gostou das dicas, ao reservar hospedagem, seguro viagem e aluguel de carro aqui pelo blog, nós ganhamos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Obrigada! 

Posts relacionados:

Todos os posts sobre a Escócia

Todos os posts sobre Edimburgo

Todos os posts sobre Glasgow

Todos os posts sobre Stirling

Todos os posts sobre Aberdeen

Todos os posts sobre as Highlands

Todos os posts sobre Inverness

Todos os posts sobre a Ilha de Skye

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Aberdeen, Blackness, Culross, Dunblane, Dunfermline, Edimburgo, Escócia, Glasgow, Linlithgow, North Berwick, North Queensferry, Outlander, Pitlochry, Stirling, Stonehaven - , , , , , , , , , , , , , , , ,
Compartilhe
Deixe um Comentário
25 comentários em "Roteiro da viagem a Escócia em 2017"
  1. Beth Mesquita   27/06/17 • 23h17

    Amoo seu blog. Fuçando ele todo p montar meu roteiro do ano que vem p o Reino Unido!

    • Contando as Horas   28/06/17 • 00h29

      Oi, Beth

      Obrigadaaa!!! :D
      Se precisar de algo, me escreve!

      Obrigada pela visita aqui no blog!

  2. Lucas   01/07/17 • 20h14

    Oi, Bruna! Tudo bem?

    Estou pensando em fazer um intercâmbio para o Reino Unido em março (coisa rápida, apenas um mês) e estou em dúvidas se escolho Edimburgo ou Londres. Seu blog está me ajudando muito a conhecer a cidade, mas aí fico cada vez mais dividido. Você acha que vale a pena ficar 1 mês em Edimburgo?

    Parabéns pelos posts!! E obrigado pela ajuda =)

    • Contando as Horas   02/07/17 • 11h49

      Oi, Lucas

      Realmente, tenho que concordar, é uma escolha muito dificil!! :D

      Depende! Se você se refere em termos de coisas pra fazer, caso não vá viajar e vá apenas aproveitar uma dessas cidades, acho que Londres seria melhor nesse sentido. Tem muita coisa pra fazer/conhecer e um mês seria ótimo. Por outro lado, Edimburgo também oferece bastante coisa, mas ai você tem a opção de fazer bate-voltas, conhecer o norte ou o sul do país ou o norte da Inglaterra. Então depende muito!

      Londres tem muito mais brasileiros do que Edimburgo, isso você também pode levar em consideração.

      Enfim.. não sei se ajudei em algo. hehe :D

      Qualquer coisa é só me escrever!

      • Lucas   02/07/17 • 18h47

        Oi, Bruna!

        Ajudou sim! Acho que estou inclinado a escolher Edimburgo, estava vendo para estudar na Kaplan, vi que foi a mesma escola que você estudou. Gostou da experiência? É uma escola que faz bastante atividades? Pergunto porque a minha única preocupação quanto a Edimburgo é justamente essa, “coisas para fazer” hahaha.

        Estava querendo explorar bastante a região! É tranquilo fazer bate-voltas em dias de semana em cidades como Glasgow, Perth…? E para lugares mais afastadas como as Ilhas Skye sai mais em conta fechar com uma agência de turismo por lá ou planejar sozinho? Tem algum esquema de ônibus/trem que você pode pagar o mês ao invés da passagem diária (seja para as rotas por Edimburgo ou para as cidades vizinhas)?

        Nao tenho problemas com o frio, mas você acha que tem risco de alguma “atração” fechar em março por conta do tempo?

        Sei que o que é caro/barato varia de acordo com cada um, mas você acha que é possível fazer uma refeição por 10-15 libras ou acha melhor separar um pouco mais para isso?

        Mil desculpas por esse texto gigante! E MUITO OBRIGADO pela ajuda e por responder todos os comentários, você é 10!!! =D

        • Contando as Horas   06/07/17 • 23h19

          Oi, Lucas

          Gostei sim da experiência. Sim, tem atividades sim. Tem tours pela cidade e as vezes, viagens no fds (mas não é seeempre). Mas não se preocupe, vc não vai ficar entediado não, sempre tem bastante exercício e textos pra fazer em casa.

          Depende do que vc quer fazer em cada cidade, mas cidades menores é bem tranquilo. Glasgow precisa de umas 2 ou 3 viagens desse tipo (dessas mais curtinhas). Mas claro, depende muito do que vc quer conhecer lá.

          Sobre Skye, depende! Não é tao simples ir até lá, mas eu particularmente preferiria ir até lá por conta e lá pegar um tour pra explorar a ilha.

          Esses cartões de onibus/trem existem, mas não sei se é viável pra tao pouco tempo. Vc pode perguntar na escola. Vou ficar te devendo essa info.

          Novamente hahah Depende!! Depende de que tipo de refeição vc vai fazer. Lanche rapido (da e sobra), algo mais elaborado, depende (se nao for 3 courses), acho que até pode dar.

          Sobre as atrações fecharem, acho dificil. Só se tiver condições muito atipicas, neve ou ventanias muuuito fortes. Geralmente eles avisam nos sites ou redes sociais das atrações.

          :D

    • Diógenes   03/07/17 • 14h54

      Lucas, minha intenção é ajudar, porém esse texto pode deixar-lhe mais indeciso. :D Eu fiz intercâmbio durante 7 semanas entre dez/2016 e jan/2017 no Reino Unido. Ao decidir pelo intercâmbio e o tempo de duração, foi a vez da escolha da cidade. Eu tinha “apenas” 3 opções na cabeça e estava irredutível: Liverpool, Manchester ou Londres. Não queria saber de outras e tava entre elas, faltando a decisão final. À época, minha agente mostrou-me outras opções e abri minha mente. Fui pesquisar sobre as cidades oferecidas e me interessei por Newcastle. E foi uma decisão acertada. Fui a Edimburgo (onde tive a experiência do Hogmanay) Londres, Liverpool, Manchester, Durham, Dublin, York. Newcastle é mais barato que Edimburgo. Não se iluda: para onde você for terá muito brasileiro. Em Newcastle, época de Natal/Ano Novo, inverso, os brasileiros eram maioria. Londres é muito legal. Edimburgo também. A escolha é bem pessoal. Para mim, o lado financeiro pesou na decisão. Próximo ano, quem sabe, eu embarque em outra experiência pelo Reino Unido. Dessa vez, gostaria de explorar o sul do país.

      • Contando as Horas   06/07/17 • 23h50

        Oi, Diógenes

        Legal!! Obrigada pelo comentário! Sempre bom outras opiniões.

        Quanto a presença de brasileiros, nos estamos em todos os lugares mesmo hehehe Mas ao levar em consideração Londres e Edimburgo, Edimburgo tem menos brasileiros.

        Realmente não é uma decisão fácil, o UK tem muuuita cidade legal!

        Obrigada pelo comentário e pela indicação do hostel em Edi (Adorei!).

  3. Rosset   11/09/17 • 23h51

    Bruna, minha estadia em Edinburgo será em partes. No dia de chegada, só terei umas duas horas de lazer à noite. No dia seguinte, umas três horas também somente à noite. Jà no terceiro dia, estarei livre para curtir Edinburgo a partir das 15h00. Finalmente, no último dia, terei o dia inteiro até às 22h00.
    Ufa… teria como você sugerir como eu posso aproveitar ao máximo esse tempo livre que terei em Edinburgo para conhecer as atrações da cidade (que são possíveis de visitar nesses horários variados?).
    Valeu!

    • Contando as Horas   21/09/17 • 18h58

      Oi, Rosset

      Quando vai ser essa tua viagem? A noite não tem nada pra ser visitado, vc pode aproveitar pra conhecer algum pub. No dia livre, vc pode olhar esse post aqui e decidir o que te interessa conhecer: http://contandoashoras.com/edimburgo Da uma olhada, aqui nesse post tem varias dicas do que vc pode fazer em Edimburgo!

      Obrigada pela visita aqui no blog!

  4. Edi   22/09/17 • 16h36

    Bruna, faz um ano que olho seu blog quase que diariamente, desde quando comprei meu intercambio ‘no escuro’ para Edinburgh. Agora falta uma semana para chegar lá, e já imprimi todos os seus principais posts e fiz um livro para me orientar lá, transporte urbano, telefonia essas coisas e tal.. obrigado, e continue a postar!

    • Contando as Horas   23/09/17 • 14h57

      Oi, Edi

      Ah, é? Que legal!! haha :D Obrigada por esse comentário. As vezes, nem faço idéia de nada disso.

      Enfim, se precisar de algo, é só me escrever. Se tiver redes sociais, instagram principalmente, usa a #helloescocia, assim posso acompanhar a tua viagem também! Adoro ver fotos da Escócia!

      Espero que goste da Escócia e de Edimburgo! Aproveite! :D

      Obrigada pela visita aqui no blog!

  5. Gigi   02/10/17 • 18h03

    Oi Bruna, tudo bem? Muito obrigada pelo post, você é muito legal sim. Aqui, estou pensando em algo pra Escócia ano que vem. Pelas fotos a paisagem tá linda, que época do ano voce foi?

    • Contando as Horas   02/10/17 • 21h38

      Oi, Gigi

      Essa ultima viagem fui em junho de 2017. É inicio do verão, mas ainda não ta muita muvuca. Mas se puder, eu sempre recomendo maio ou setembro, é muito mais tranquilo!

      Obrigada pela visita aqui no blog! :D

  6. veronica   29/10/17 • 13h25

    Olá!
    Qual é a forma mais fácil de voltar para o Brasil saindo da Escócia? O jeito é ir para Londres?
    Outra coisa, não falo inglês, meu companheiro sim, na imigração ele poderia falar por mim?

    • Contando as Horas   30/10/17 • 00h11

      Oi, Veronica

      Isso, Londres, Paris ou Amsterdã. Esses lugares eu sei que tem voos com conexão.

      Sim! Pode sim! Eu sempre falo pelas pessoas que viajam comigo e nao falam ingles. Nunca tive problemas.

  7. veronica   30/10/17 • 11h38

    Ai, que bom! Fico mais tranquila com relação à imigração agora. rs!

    E sobre a conexão, nós estamos preocupados de fazer conexão em algum país na zona do euro e passar por uma nova imigração e, possivelmente, trocar libras por euro, e ficar mais cansativo. Encontramos passagem pela TAP e as mais baratas tem mts horas entre a chegada (em Portugal) e a saída (para o RJ), tipo, 24h de espera. Por um lado é bacana pq poderíamos conhecer mais um páis, por outro, vms gastar mais dinheiro + imigração + câmbio. O que vc acha disso?

    Obrigada pelas respostas! ;)

    • Contando as Horas   07/11/17 • 14h45

      Oi, Veronica

      Se você mora no RJ, vc tem duas opções: voo direto para Londres (de la segue pra Escócia) ou vc pode fazer uma conexão no caminho e conhecer um novo país. Vc não foge muito da conexão, qualquer uma das opções que escolher. Eu sempre dou prioridade pra pegar voo internacional direto, pq já tenho que fazer 2 conexões aqui no Brasil antes de ir pra Europa, acho muito cansativo ter mais conexões pelo caminho. Mas esse não é o teu caso.

      Quanto a conhecer um novo país, se vc e teu marido querem conhecer um pouco de Portugal, é uma oportunidade. Eu sempre acho valido. Mas vocês devem analisar bem a relação gastos x real vontade de conhecer aquele lugar.

  8. veronica   13/11/17 • 10h49

    Valeu! Obrigada!
    beijo!

    • Contando as Horas   13/11/17 • 14h37

      Oi, Veronica

      Obrigada pela visita aqui no blog! Qualquer coisa que precisar, me escreve! :D

  9. Teresa   17/02/18 • 18h29

    Oii :)
    Eu, meu namorado e mais 2 casais vamos passar 4 dias, agora em Março, à Escócia. Gostávamos de conhecer o máximo de coisas, para além de toda a história e castelos adoramos também a Natureza..
    Que nos aconselhas a visitar sem? Tanto em Edimburgo (onde vamos alugar casa) como fora?
    E o que achas que é melhor, alugar carro ou ver algum bilhete de trem?

    Muito obrigada!!
    Beijuu

    • Contando as Horas   20/02/18 • 23h27

      Oi, Teresa

      Depende! Depende muito do tempo e do que exatamente vocês gostam de fazer na natureza. Vocês podem olhar passeios de barco nos lagos (Loch Lomond, Loch Ness, que são os mais comuns), existem algumas montanhas que se podem fazer trekking. Tudo depende!

      Alugar carro facilita muito, mas dependendo, trem também pode ser interessante. É dificil falar, pq depende muito o que vocês vão escolher para incluir no roteiro.

      Obrigada pela visita aqui no blog!

  10. LUCIANO MACIEL FERREIRA   28/02/18 • 20h45

    PARABENS PELO EXCELENTE SITE.
    MINHA ESPOSA E EU IREMOS PARA LONDRES-ESCOCIA DE 15-30 DE JUNHO,
    GOSTARIA DE VER A POSSIBILIDADE DE UM ROTEIRO.
    SE PUDER ME MANDAR UM ORÇAMENTO POR E MAIL EU FICARIA GRATO.

    • Contando as Horas   28/03/18 • 16h33

      Oi, Luciano

      Eu preciso de vários detalhes do que vocês pensam em fazer nessa viagem, só assim consigo enviar um orçamento.

  11. Danielle   28/08/18 • 08h55

    Oi! Morei em Edimburgo em 2013, fiquei hospedada em um flat, pertinho do castelo. Pretendo morar lá em 2020 só que desta vez alugarei um apto tenho 2 filhas), vc conhece algum site pra procurar apto?

Blog Membro RBBV
Contando as Horas
Essa manhã eu teria embarcado para o Brasil. Além das 18 mil coisas que tinha planejado fazer em 10 dias, a mais importante era conhecer minha sobrinha 🥰 (e também, rever meus sobrinhos de quatro patas 🐕🐕 - não esqueci de vcs, não sou uma tia desnaturada 😁). A gente já tinha até planejado um churras com camarão empanado de entrada, lembra @yasminbartolamei ? 😂Otimização de tempo é tudo numa viagem. Impossível comer todas as coisas que tenho saudades (e repetir algumas) em apenas 20 refeições. 🤰🏻😅😆
.
Enquanto isso, depois de 52 dias de quarentena, estou aqui acompanhando Portugal deixar o estado de emergência e passar para o estado de calamidade, situação onde as medidas de isolamento ficam um pouco mais brandas para facilitar esse período de transição para a normalidade.
.
Eu espero que as pessoas não sejam irresponsáveis e sem noção nesse momento, pq o isolamento obrigatório pode voltar.
.
Ontem qdo sai de casa para comprar máscara (a partir de hj o uso é obrigatório em todos os ambientes fechados, como por exemplo, mercado, lojas, bancos, transporte público, entre outros), por exemplo, já vi uma cena que prefiro nem comentar. Além de todas as incertezas que o momento já nos coloca, certamente vamos precisar de muito mais sorte para lidar com esses seres irresponsáveis do que com o vírus.
.
Não vou me alongar muito nesse blablabla, pq a loucura dessa nova realidade está só começando.
.
Mas voltando a minha viagem.. Eu sei que meu pai estava contando os segundos pra ter alguém em casa pra implicar 🤣 e minha mãe estava ansiosa pelos nossos lanchinhos e risadas na madrugada (sim, somos duas 🦉🦉). Véééiooo e Véééiaaa.. em 2021 estarei ai! 🇵🇹✈️🙏🏽🇧🇷🤩
.
Essas foram as últimas fotos que tirei lá em casa, no Brasil, em fevereiro de 2019. ☺️
18.04.2020: UM ANO EM PORTUGAL! 🥰🥰🥰
🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹
.
Queria escrever algo interessante sobre esse momento pra deixar aqui registrado, mas não ando muito inspirada. Como nessas últimas semanas tenho recebido algumas msgs relacionadas a pandemia/quarentena, vou falar sobre isso.
.
02 de março foram divulgados os primeiros casos de coronavírus em Portugal. Dia 11 de março a OMS declarou pandemia de coronavírus. Dito isso...
.
No inicio, o governo português declarou estado de alerta, logo na sequência foi declarado estado de emergência (já foi renovado 02 vezes).
.
Nos primeiros dias os mercados estavam um verdadeiro caos. Muitas pessoas. Muitas coisas faltando (principalmente papel higiênico, carnes, frutas e verduras). Nas últimas semanas a situação voltou a normalidade.
.
As atrações turísticas, lojas, restaurantes (seguem funcionando, mas no esquema de take away/entrega a domicílio), bares, academias, entre outros tipos de comércio fecharam suas portas e assim permanecem até então.
.
As Farmácias e os Mercados estão funcionando no esquema de sai 1 entra 1, portanto, exige paciência.
.
Os transportes públicos em Lisboa estão funcionando com horários reduzidos. Não andei mais de metro, mas li nos jornais que o acesso está liberado para todas as pessoas, as catracas estão livres. Também li que começaram a fazer controle de temperatura nas entradas das estações.
.
Os 3 principais aeroportos de Portugal (em Lisboa, no Porto e em Faro) fecharam durante o período de Páscoa. E nos demais dias estão operando apenas para pouquíssimos voos comerciais, mas principalmente para voos humanitários, de repatriação ou de transporte de mercadorias.
.
Lisboa está deserta. Se você sair de casa, independente do horário, parece sempre domingo 07:00 da manhã. Tudo vazio. Poucas pessoas nas ruas.
.
A maioria das pessoas tem usado luvas e máscaras. Eu não tenho usado, pq só tenho saido de casa para ir ao mercado e algumas vezes pra caminhar.
.
E pra todos que me mandaram msgs pedindo como eu estou: depois de 38 dias de quarentena, posso dizer que já ando um pouco entediada, mas estou bem. ☺️
.
Essas são algumas fotos que tirei ao longo desse ultimo ano. 😁
#tbt 2020, nós mal nos conhecemos e não estou gostando nada do que tem acontecido. 😰😰😰
.
2019 precisou de 12 meses pra ser ruinzinho. Já 2020, em apenas 3 meses, chegou metendo os dois pés nas costas. 😰😰😰 Meeedooo dos próximos 9 meses!!! 🤭
.
Se eu soubesse que 2020 seria assim, eu teria viajado o mês de janeiro inteiro pelas Arábias. 🤷🏻‍♀️😅😁
.
Eu sei que ninguém anda muito interessado em consumir dicas de viagens por esses dias, mas já vou deixar registrado aqui para os dias melhores que virão: Doha tem varios museus, mas sem dúvida, os 2 mais visitados, são: o Museu de Arte Islâmica (fotos) e o Museu Nacional do Catar. Se tiver que escolher apenas um pra visitar, eu recomendo o Museu Nacional do Catar, vale cada centavo (até pq, o valor dos bilhetes não são nada baratos). Já o Museu de Arte Islâmica vale mais pelo seu exterior.
.
📍Doha, Catar 🇶🇦
.
#museumofislamicart #doha #catar #qatar #orientemedio #middleeast #ficaemcasa #fiqueemcasa #stayhome #quarentenanaosaoferias #quarentena #quarentine #pandemia #seemydoha #mydoha #dohaqatar #dohainstagram #doha2020 #instadoha #qatar2022 #qatarphoto #essemundoenosso #travelgirl #mulheresviajantes #amoviajar #qatarairways #viajar #brasileirosnocatar #brasileirosnoqatar
Khor Al Abaid 🐪 🌵☀️⛺️
.
Existem diversos tours no deserto: para ver o sol nascer, dia todo (com almoço e algumas atividades), para passar a noite e para ver o por do sol (foi o que escolhi).
.
Água do mar é morninha e eu achei beeem mais salgada que o normal.
.
Nessa foto da pra ver as aguas do mar encontrando as areias do deserto. 💛
.
2 segundos antes dessa foto, enquanto eu me arrumava, esse camelo ousado tentou me dar um beijinho 😂😂😂 Quase morri do coração!! 😅
.
📍Catar 🇶🇦
.
#khoralabaid #catar #qatar #desertsafari #sunsetdesertsafari #alkhordesert #orientemedio #middleeast #essemundoenosso #travelgirl #mulheresviajantes #amoviajar #qatarairways #viajar #brasileirosnocatar #brasileirosnoqatar #viagemeturismo
Catar / Qatar 🇶🇦🇶🇦
.
Vim com expectativa altíssima e ainda assim me surpreendi com tudo que vi.
.
Amei a comida. Os árabes são muito de boa (só não da pra tirar foto haha). Quero comprar todos os caquedos que vejo nas lojas, acho tudo lindo. Temperatura sensacional nessa época.
.
Na foto: Deserto de Khor Al Abaid, localizado ao sul de Doha, na fronteira entre o Catar e a Arábia Saudita. É um dos poucos no mundo onde o mar invade as areias do deserto.
.
📍Catar 🇶🇦
.
#khoralabaid #catar #qatar #desertsafari #sunsetdesertsafari #alkhordesert #orientemedio #middleeast #essemundoenosso #travelgirl #mulheresviajantes #amoviajar #qatarairways #viajar #brasileirosnocatar #brasileirosnoqatar #viagemeturismo
2019 foi um ano com muitas coisas boas e algumas ruins, mas prefiro lembrar apenas dos melhores momentos. 😅☺️😁
.
Comecei o ano recebendo a notícia de que meu visto para morar em Portugal tinha sido concedido (sem necessidade de entrevista).
.
Coloquei a venda meu apartamento em Curitiba (já foi vendido).
.
Me mudei para Portugal (demorei mais do que o previsto para encontrar um apartamento como eu queria, mas valeu a espera, amo esse bairro onde eu vivo).
.
Estive na Croácia pela 3x (ainda quero ir mais uma).
.
Minha sobrinha nasceu (virei Dinda!!).
.
Voltei pela milésima vez a Escócia (Meu país preferido!!)
.
Voltei a Berlim (dessa vez para ver os mercadinhos de Natal).
.
E terminei o ano passando rapidamente por Londres (eu não queria, fui obrigada hahaha)
.
2019 me deu a oportunidade de viver esses bons momentos, mas sinceramente, não vou sentir saudade!
.
Seja muito bem-vindo 2020 (espero que esse ano seja muito melhor)!
.
Desejo a cada um de vocês um excelente ano de 2020, com muita saúde (o resto a gente sempre da um jeito)!!
.
🎊🥂🍾✈️💐💞
.
📍Lisboa, Portugal 🇵🇹
.
#felizanonovo #feliz2020 #lisboa #lisbon #lisboaportugal #lisbonportugal #portugal #visitportugal #vidaemportugal #travelgirl #viajemais #woman #essemundoenosso #igportugal #viajar #mulheresviajantes #brasileirosemportugal #instagramcml #viagemeturismo #agenciadeviagem #travelphotography #cahemportugal #lookdodia #lisboalovers #lisboacool #visitlisboa #meusroteirosdeviagem #lisboa_pt
Contando as Horas