25.01
2020

Catar / Qatar: Informações práticas

Parece que a listinha de destinos que eu amei ter conhecido ganhou mais um país: Catar / Qatar.

Como eu demorei tanto tempo para colocar meus pés no Oriente Médio? Não sei dizer! Nessa viagem ao Catar eu fui com expectativa altíssima, e ainda assim me surpreendi com muitas coisas que vi.

Aqui nesse post compartilho algumas dicas gerais, mas essenciais para que a sua viagem por lá seja muito tranquila. 

→ Localização

O Catar é um país árabe localizado na Península do Catar que faz parte da Península Arábica e é totalmente banhado pelas águas do Golfo Pérsico. Faz fronteira terrestre apenas com a Arábia Saudita.

→ Idioma

O idioma oficial é o árabe, mas o inglês é falado por todos. Em praticamente 99% dos lugares onde estive, todas as placas, cardápios/ementas ou pessoas falavam inglês. Foi muito tranquilo.

→ Estações do ano

Como todo mundo sabe, o Catar tem clima desértico extremamente quente, mas também tem épocas onde o calorzão da uma trégua. Basicamente existem duas estações do ano nessa região: verão e inverno. O “inverno” vai de meados de outubro até março, durante o dia não é tão quente e a noite chega a fazer um friozinho agradável. E o verão vai de abril a setembro, nessa época as temperaturas facilmente ficam acima dos 40 graus, dizem que é insuportável andar na rua e dentro dos ambientes fechados o ar condicionado esta ligado no frio polar.

Museu Nacional do Catar

Eu estive no Catar em janeiro, considerado alta temporada e inverno por lá. Durante o dia a temperatura estava bem agradável (na faixa de 20 a 23 graus), andando na sombra era friozinho, andando no sol ficava um pouco quente, mas nada exagerado, nem cheguei a suar nenhum dia. A noite sempre friozinho, mas um frio agradável (na faixa de 16 a 18 graus). Adorei ir nessa época!

→ Visto, Vacina e Seguro Viagem

O Brasil e o Catar assinaram um acordo de isenção de visto para turistas, pessoas em transito ou em viagens a negócio em em 28 de outubro de 2019, portanto, desde então, brasileiros que vão ao Catar a turismo não precisam mais de visto. Brasileiros podem permanecer lá por até 30 dias, que podem ser prorrogáveis por mais 30 dias.

Portugueses que estão indo ao Catar a turismo também não precisam de visto, onde a isenção é valida por 180 dias, dando direto a que a pessoa fique no país por 90 dias.

Até janeiro de 2020 o Catar não exigia nenhuma vacina de brasileiros e de portugueses. Não consegui encontrar nenhuma informação referente a obrigatoriedade ou não em viajar pra lá com seguro viagem, mas é sempre bom ter, nunca se sabe quando será necessário usar, certo?

→ Roteiro

Dia 14 de janeiro partiu meu voo de Lisboa para Doha. Eu fiquei em Doha 6 dias inteiros, pq meu voo de volta era no dia 21 de janeiro, de madrugada. Conheci as principais atrações da cidade e ainda, fiz um tour no Deserto de Khor Al Abaid. Achei esse tempo ideal, talvez se tivesse ficado um dia a mais teria sido melhor, assim poderia ter ido conhecer a parte norte do país (na próxima vez já tenho o que visitar – certamente vou voltar!!) também. Mas uma semana foi na medida, deu tempo de ver tudo o que considerei mais importante com bastante calma.

No deserto

→ Como ir até o Catar

Tanto para quem estiver no Brasil como em Portugal, a única empresa a fazer essa rota é a Qatar Airways. Os voos a partir do Brasil partem de São Paulo e de Portugal partem de Lisboa.

A rota a partir de Lisboa é nova, teve inicio em junho de 2019. Em agosto eu comprei minha passagem e ainda haviam datas com tarifa promocional. Não pensei nem meio segundo e resolvi comprar. Se não me falha a memória, os horário a partir de Lisboa, são esses:

O voo de Lisboa parte as 07:55 e chega em Doha as 17:55.

O voo de Doha parte as 00:35 e chega em Lisboa as 06:40.

Devo dizer que em ambas as viagens os voos estavam atrasados algo em torno de 1 hora. O tempo de voo na ida foi de 7 horas e na volta de 8 horas e 30 minutos. O motivo desses atrasos é pq eles esperam as pessoas que estão vindo de outros voos.

O tempo de voo poderia ser menor, mas devido as relações diplomáticas/políticas entre o Catar e alguns países vizinhos, a Qatar Airways não esta autorizada a sobrevoar o espaço aéreo desses países, fazendo com que o  tempo de viagem seja maior.

No voo que partiu de Lisboa, a rota foi: Espanha, Marrocos, Argélia,  Tunisia, Malta, ilhas da Italia e da Grécia, Chipre, Síria, Iraque, Kuwait e Golfo Pérsico.

No voo que partiu de Doha, a rota passou: Golfo Pérsico, Kuwait, Iraque (jantar sobrevoando o Iraque não foi nada agradável, posso garantir hahaha #rindodenervosa), Turquia, Bulgaria, Romênia, Sérvia, Croácia, Itália, França e Espanha.

A Qatar Airways foi considerada em 2019 a melhor cia aérea do mundo. Minha opinião: Sinceramente? Não vi nada demais. Talvez tenha fica com essa impressão pq fui com expectativa altíssima e achei tudo bem normal. O atendimento foi bom, mas não teve nada de espetacular. A comida era boa, mas também não comi nada de fabuloso (gostei bastante do iogurte, muito bom!!! Quase roubei o iogurte do português que estava do meu lado, ele não comeu!!!). A aeronave era novíssima, modelo super moderno, com umas luzes roxas meio esquisitas, mas tirando as janelas onde a regulagem da claridade ou do escurecimento era feito através de um botão, tudo dentro da normalidade.

Aeroporto Internacional de Hamad (IATA: DOH)

Nomeado o melhor aeroporto do mundo em 2019, é o principal aeroporto do Catar. Foi inaugurado em abril de 2014, portanto, é super moderno. Ele esta localizado a 11 km do centro de Doha. É o hub da Qatar Airways. Esse aeroporto tem apenas 1 terminal, dividido em 5 alas: A, B, C, D e E. Os voos que partem das alas D e E ficam separados, e precisa pegar um trenzinho para ir até lá. Os voos para a Europa partem da ala E, portanto, será necessário pegar esse trenzinho. Já os voos para o Brasil eu não sei de qual ala parte, vou ficar devendo a info se precisa ou não pegar esse trenzinho.

Ao caminhar pelo aeroporto existem várias obras de arte/esculturas, que estão em exibição devido a uma parceria entre o aeroporto e a Qatar Museums. Sem a menor duvida, as duas principais esculturas, são: urso gigante chamado de Lamp Bear, que está em exibição no saguão principal (é a primeira coisa que você vai logo após passar pela imigração de saída e pelo controle de segurança). E no saguão da ala D e E fica a escultura Small Lie.

Minha opinião sobre o aeroporto: sem duvida, é um aeroporto super moderno, muito bem sinalizado, fácil de ir a qualquer parte, o free shop é bom, tem alguns restaurantes (mas não muitos). Mas sinceramente? Não achei melhor que o aeroporto de Heathrow, em Londres. Ah! Dentro do aeroporto existe um hotel chamado de Oryx Airport Hotel e uma mesquita (a noite, com iluminação, ela fica super bonita!).

→ Imigração

Essa minha passagem pela imigração em Doha vai ser inesquecível: exatamente no minuto que o oficial me chamou, começou o chamado para a reza. Em outro momento até acharia aquela musica/fala (não sei bem como chamar) tranquilizador, mas naquele momento, me deixou ainda mais nervosa. hahaha Analisando a situação depois, a imigração foi muito tranquila. O oficial pediu apenas para ver minha passagem de volta. Pediu o nome do hotel onde iria me hospedar e o motivo da viagem. Precisei deixar minhas digitais e também, foi tirada uma foto.

Logo após a imigração, existe uma barreira de segurança, onde precisamos passar todos os nossos pertences para verificar se existe algo ilegal, como por exemplo bebidas alcóolicas. Se tiver bebidas alcóolicas, carne de porco, entre outros produtos que são proibidos em territórios árabes, eles são confiscados.

→ Chip de celular

Existem duas empresas de telefone celular/telemóvel operando no Catar: Vodafone e a Ooredoo. Ambas as empresas tem guiches no saguão de desembarque. O balcão da Vodafone fica em uma extremidade e o balcão da Ooredoo fica na outra extremidade (mesmo lado onde fica o acesso ao metro).

Aqui em Portugal eu uso a Vodafone, mas quando estive em Doha, escolhi comprar meu sim card na Ooredoo. O plano pré-pago é chamado de Hala. O valor do chip é de 35 QAR + o valor do plano. Existem vários planos, como por exemplo: de 2,5 gb, 4 gb, 7 gb (foi o que escolhi) e 20 gb. Os valores são bem caros (eu achei meio caro) e custam respectivamente: 60 QAR, 80 QAR, 100 QAR e 200 QAR. Lembrando que esses valores são referentes a janeiro de 2020.

É necessário apresentar o passaporte, pq eles fazem o registro do numero, mas o procedimento é bem rapidinho. Eles tiram uma foto do passaporte e é só assinar um papel e esta tudo pronto. Não levou mais do que 5 minutos o atendimento.

Ah! Já peça para eles ativarem o chip. Todas as infos vem escritas em inglês e em árabe, mas quando as coisas aparecem em árabe da um desespero.

→ Como ir do Aeroporto até o centro de Doha

Existem 3 opções: de táxi (eles tem cor branca e verde água, recomendo baixar o app Karwa Taxi também), de ônibus / autocarro (também tem cor verde água e branca) e desde dezembro 2019, com a mais nova opção: metro. Obviamente eu optei por ir de metro. A estação de metro onde esta localizado o aeroporto faz parte da linha Vermelha. A linha vermelha tem uma bifurcação, portanto, você deve observar qual linha segue direto para o centro de Doha e qual vai até a cidade vizinha de Al Wakra.

Importante: O final de semana nos países árabes é na sexta e no sábado, sendo que sexta é o dia de descanso. Praticamente nada funciona, pelo que vi, as atrações turísticas abrem normalmente (mas somente na parte da tarde), algumas lojas e restaurantes (muito pouco) abrem e nesse dia, o metro só começa a funcionar a partir das 14:00.

O trajeto de metro entre o aeroporto até as duas principais áreas de hospedagens (nos arredores do Souq Waqif e na região DECC) leva algo em torno de uns 15 ou 20 minutos no máximo. Quando o metro parte do aeroporto, não fique preocupado, ele leva exato 6 minutos até chegar na próxima estação. Eu fiquei meio desesperada, pensando: será que estou indo pro lugar certo?!?! Eu ainda vou falar mais sobre o metro no post que vou escrever sobre o que fazer em Doha.

Ah! Eu andei apenas duas vezes de taxi. Os taxis tem táximetro e o valor cobrado é muito barato. Só pra dar um exemplo,  quando mudei de hotel na sexta de manhã pra ir da região DECC até o Souq Waqif paguei 15,00 QAR (o que equivale a uns 17,00 reais e menos de 4,00 euros).

→ Dinheiro: Rial e Qual melhor moeda para levar?

A moeda oficial do Catar é o Rial (QAR). Existem apenas notas (não existem moedas no Catar! odeio moedas!) de 1, 5, 10, 50 e 100 (ao menos foram apenas essas que eu vi).

Notas de 100, 50, 10 e 1 QAR

As melhores opções de moedas para levar ao Catar, são: Dólar e Euro. Libra também é fácil de ser convertida em vários lugares, mas o que vi com mais freqüência foram o dólar e o euro mesmo. Em todos os lugares existem casas de cambio, mas as melhores conversões são praticadas nos hotéis. Por exemplo, no hotel onde eu me hospedei, a conversão que eles oferenciam era quase igual a conversão oficial do dia. Toquei dinheiro 2x no mesmo lugar. A conversão oficial era de 150,00 euros = 607 QAR e no hotel a conversão ficou 150,00 euros = 575 QAR.

Notas de 10 e 50 QAR

Todo mundo ficou desesperado qdo mostrei somente a versão árabe no Instagram, mas do outro lado tem a versão “normal” também :D

→ Diferença de fuso horário

Em janeiro, quando o Brasil e Portugal não estão com horário de verão, a diferença é respectivamente de 6 horas e 3 horas a menos que no Catar.

Agora em janeiro o dia amanhecia por volta das 06:30 e escurecia as 17:30. O horário do por do sol era entre 16:50 e 17:10.

Souq Waqif

→ Tomada

Quem já esteve no Reino Unido sabe que as tomadas de lá são aquelas de 3 pinos gordões, certo? Então, no Catar é exatamente o mesmo tipo de tomada.

→ Roupas

Esse era um dos assuntos que mais estava me preocupando: que roupa usar em um país árabe. Pra inicio de conversa, se você tiver em mente que NÃO é recomendado mostrar os ombros e os joelhos, 90% dos “problemas” já estão resolvidos. Os outros 10% ficam por conta do bom senso.

No meu primeiro dia em Doha eu resolvi sair de calça jeans, tênis, camiseta de manga curta e um casaquinho. Achei melhor me vestir assim no primeiro dia e sentir o clima (tanto meteorologico quanto com relação aos olhares que iria receber). Foi tudo muito tranquilo. Nos outros dias usei sandália, saia comprida, camiseta de manga curta / regata e camisa jeans /casaquinho. Não tive nenhum problema, ninguém me olhou feio e nem eu me senti mal. Da forma como me vesti, me senti fazendo parte do ambiente. Pra ficar mais no clima e passar despercebida, só se eu usasse os lenços na cabeça.

Recomendo também levar lenços / cachecol pq na sombra e a noite fica mais friozinho.

→ Os Cataris

Se teve algo que me surpreendeu no geral muito positivamente foi as pessoas que vivem no Catar. Achei eles bem receptivos, alguns árabes até ousados (no bom sentido) em vir conversar, puxar assunto e claro, quando eu falava que era do Brasil, só falavam do Flamengo. No meu ultimo dia, eu já não aguentava mais ouvir falar do Flamengo (hahaha), fui em um loja comprar um cabo para o meu celular/telemóvel (o meu começou a sair uma fumaça louca), resolvi dizer que vivia em Portugal. Vocês não vão acreditar!! O atendente era filho de um Português com uma Catari (não me pergunte como esse casamento aconteceu, não faço a menor ideia). hahahahahaha Me mostrou até o documento de identificação para eu ver o sobrenome dele: Silva! Que mundo louco!

Uma coisa que de inicio estranhei bastante, foi: os árabes olham direto no olho, mas não é uma olhadinha qualquer, quase um fuzilamento, no inicio até me sentia meio constrangida, depois acostumei. Mesmo desviando o olhar, se voltasse a olhar, eles ainda estavam lá encarando. Outra coisa que reparei é que os homens sempre tem “prioridade”, eles sempre andam na frente com os filhos (e as mulheres atras), no metro, para subir as escadas rolantes, as mulheres sempre deixam os homens irem por primeiro, quando você chega em um lugar, os homens não dão acesso pra você ir na frente. De inicio achei isso muito estranho, mas até o final da viagem, vivendo o dia a dia por lá, entendi que as coisas funcionam melhor dessa forma mesmo.

Achei estranhíssimo as árabes não tirarem aquele véu preto que cobre totalmente o rosto na hora de comer. Entendo e respeito isso, mas me deixou muito agoniada vendo elas comerem daquele jeito.

Para quem for para algum desses países árabes com o senso de observar, mas sem criticar, e muitas vezes sem entender pq algumas coisas são do jeito que são, vai conseguir aproveitar bem a viagem e no geral, não vai ter nenhum problema.

→ Segurança

Pelas pesquisas que havia feito na internet, eu já sabia que o Catar era um país muito seguro. E no dia a dia pude confirmar tudo isso. Eu fiz essa viagem sozinha, andei em todos os lugares, qualquer hora do dia (exceto de madrugada) e nunca, nunca mesmo, tive qualquer problema.

Fim de tarde no Museu de Arte Islâmica

→ Outras infos

Enquanto estava organizando minha viagem, entrei em contato com guias brasileiras que vivem em Doha, pq queria fazer um tour gastronômico, acabou que não deu certo por falta de disponibilidade de datas. Mas queria deixar registrado aqui essa dica: tirem umas 2 horas para ver t-o-d-a-s as postagens no Facebook Turistando em Doha, da gaúcha Leila Martinez, aprendi muuuuitas coisas lá. Vale muito a pena!

Mesquita Al Shouyoukh, Torre do Relógio e Amiri Diwan (Palácio do governo)

E pra terminar esse post que já esta gigante, em Janeiro de 2021 quero conhecer outro país árabe. Qual será o destino da vez? :D

RESERVE PELO BLOG:

** Roteiro personalizado.

** Hotel no Catar.

** Seguro Viagem.

** Carro no Brasil ou no exterior.

Se você gostou das dicas, ao reservar hospedagem, seguro viagem e aluguel de carro aqui pelo blog, nós ganhamos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Muito obrigada! :D

Posts relacionados:

Todos os posts sobre o Catar

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Catar, Deserto Khor Al Abaid, Doha - , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
Compartilhe
Deixe um Comentário
2 comentários em "Catar / Qatar: Informações práticas"
  1. Diógenes   29/01/20 • 17h09

    Oi, Bruna. Como vão as coisas? Estive em Doha em março/2018, num stopover da Qatar, na minha viagem para Singapura. Passei dois dias. Não tinha metrô saindo do aeroporto naquela época. Peguei um táxi até o hotel, que ficava próximo do Souq Waqif, e deu 30 QAR. Fiz o passeio no deserto. Contratei o passeio no Brasil e fui num veículo 4 x 4. Foi divertido. À noite, fui ao Souq passear. Que lugar legal. É o ponto de encontro da cidade. Cheio de gente nas ruas. No dia seguinte, sexta-feira, peguei o ônibus hop in hop off. Não deu muito certo porque como você relatou, sexta-feira é o dia em que as atrações não abrem pela manhã. Fui ao Museu da Arte Islâmica à tarde naquele dia. Achei interessante o acervo e a arquitetura do prédio. Não tinha o Museu Nacional do Qatar. Não entrei na mesquita que tem perto do mercado. Saí do Museu e fui pelo Corniche até o mercardo (percebeu que o mercado foi o point da viagem :D). Vi a ostra com a pérola.

    Em relação à Qatar Airways, eu gostei bastante. Também tinha expectativa por todos os prêmios que ela já ganhou. Teve o kit com máscara de olhos, escova, creme dental, plug pros ouvidos e lip balm (o kit foi distribuído tanto na perna GRU – DOH quanto DOH – SIN). A comida foi farta e usamos talheres de metal.

    • Contando as Horas   02/02/20 • 15h17

      Oi, Diógenes

      Tudo certo por aqui e contigo? Feliz ano novo! :D

      Nossa, quanta coisa mudou em Doha desde a tua viagem até a minha.

      Souq realmente é o point em Doha, todo mundo lá. Super animado, organizado e limpissimo.

      Sabe que gostei mais do Museu Nacional? O MIA é legal, mas me pareceu muita coisa em exibição, não teve uma historia.

      Sobre a Qatar Airways, tbm recebi esse kit no voo de volta, ainda tem talheres de metal (mas isso tbm tem outras cias aereas), continuei achando bem normal, não me impressionou.

      Obrigada pela visita aqui no blog! :D

Blog Membro RBBV
Contando as Horas
Khor Al Abaid 🐪 🌵☀️⛺️
.
Existem diversos tours no deserto: para ver o sol nascer, dia todo (com almoço e algumas atividades), para passar a noite e para ver o por do sol (foi o que escolhi).
.
Água do mar é morninha e eu achei beeem mais salgada que o normal.
.
Nessa foto da pra ver as aguas do mar encontrando as areias do deserto. 💛
.
2 segundos antes dessa foto, enquanto eu me arrumava, esse camelo ousado tentou me dar um beijinho 😂😂😂 Quase morri do coração!! 😅
.
📍Catar 🇶🇦
.
#khoralabaid #catar #qatar #desertsafari #sunsetdesertsafari #alkhordesert #orientemedio #middleeast #essemundoenosso #travelgirl #mulheresviajantes #amoviajar #qatarairways #viajar #brasileirosnocatar #brasileirosnoqatar #viagemeturismo
Catar / Qatar 🇶🇦🇶🇦
.
Vim com expectativa altíssima e ainda assim me surpreendi com tudo que vi.
.
Amei a comida. Os árabes são muito de boa (só não da pra tirar foto haha). Quero comprar todos os caquedos que vejo nas lojas, acho tudo lindo. Temperatura sensacional nessa época.
.
Na foto: Deserto de Khor Al Abaid, localizado ao sul de Doha, na fronteira entre o Catar e a Arábia Saudita. É um dos poucos no mundo onde o mar invade as areias do deserto.
.
📍Catar 🇶🇦
.
#khoralabaid #catar #qatar #desertsafari #sunsetdesertsafari #alkhordesert #orientemedio #middleeast #essemundoenosso #travelgirl #mulheresviajantes #amoviajar #qatarairways #viajar #brasileirosnocatar #brasileirosnoqatar #viagemeturismo
2019 foi um ano com muitas coisas boas e algumas ruins, mas prefiro lembrar apenas dos melhores momentos. 😅☺️😁
.
Comecei o ano recebendo a notícia de que meu visto para morar em Portugal tinha sido concedido (sem necessidade de entrevista).
.
Coloquei a venda meu apartamento em Curitiba (já foi vendido).
.
Me mudei para Portugal (demorei mais do que o previsto para encontrar um apartamento como eu queria, mas valeu a espera, amo esse bairro onde eu vivo).
.
Estive na Croácia pela 3x (ainda quero ir mais uma).
.
Minha sobrinha nasceu (virei Dinda!!).
.
Voltei pela milésima vez a Escócia (Meu país preferido!!)
.
Voltei a Berlim (dessa vez para ver os mercadinhos de Natal).
.
E terminei o ano passando rapidamente por Londres (eu não queria, fui obrigada hahaha)
.
2019 me deu a oportunidade de viver esses bons momentos, mas sinceramente, não vou sentir saudade!
.
Seja muito bem-vindo 2020 (espero que esse ano seja muito melhor)!
.
Desejo a cada um de vocês um excelente ano de 2020, com muita saúde (o resto a gente sempre da um jeito)!!
.
🎊🥂🍾✈️💐💞
.
📍Lisboa, Portugal 🇵🇹
.
#felizanonovo #feliz2020 #lisboa #lisbon #lisboaportugal #lisbonportugal #portugal #visitportugal #vidaemportugal #travelgirl #viajemais #woman #essemundoenosso #igportugal #viajar #mulheresviajantes #brasileirosemportugal #instagramcml #viagemeturismo #agenciadeviagem #travelphotography #cahemportugal #lookdodia #lisboalovers #lisboacool #visitlisboa #meusroteirosdeviagem #lisboa_pt
Em 2019, em meu primeiro ano de volta a morar na Europa, escolhi ir a Alemanha, mais precisamente Berlim, para conhecer os Mercados de Natal. 🎅🏼🎄❤️
.
Existem muitos espalhados por toda a cidade, mas fui apenas nos 3 principais:
1) Na Gendarmenmarkt (fotos 1, 2 e 3): o foco são as comidas e bebidas típicas dessa época, como fui lá pra isso 😆(#gordices), esse foi meu preferido, fui 2 dias. É o unico que precisa comprar ticket, o valor é simbólico, 1,00 euro.
2) Na Alexanderplatz (fotos 4, 5 e 6): tbm gostei bastante desse, mas além das comidas/bebidas, achei que o foco é mais para diversão (tem pista de patinação, roda gigante, carrossel, trenzinho, entre outros brinquedos). Entrada gratuita.
3) Na Potsdamer Platz (fotos 7 e 8): esse foi o que menos gostei, tanto que nem quis ficar até anoitecer. Tem um pouco de tudo (comidas, brinquedos, artesanatos), mas achei muito simples, sem charme. Entrada gratuita.
.
Alguém sugere outro destino na Europa para 2020? 🥨🌭🍷🍻🥜😁
.
📍Berlim, 🇩🇪
.
#christmas #xmas #mercadosdenatal #mercadosdenatalalemanha #christmasmarket #christmasmarkets #berlim #berlin #alemanha #germany #eurotrip2019 #proximaviagem #amoviajar #mulheresviajantes #travelgirl #essemundoenosso #meusroteirosdeviagem #brasileirosnaalemanha #viagens #sourbbv #viajar #travel #instaviagem #viajarfazbem #gendarmenmarkt #potsdamerplatz #alexanderplatz #natalnaeuropa #natalnaalemanha
O memorial do Holocausto presta homenagem aos mais de 6 milhões de judeus que perderam suas vidas durante a Segunda Guerra Mundial.
.
São 2.711 blocos de concreto de tamanhos e alturas variadas, organizados em fileiras, lembrando muito um cemitério.
.
📍Berlim 🇩🇪
.
#berlim #berlin #alemanha #germany #eurotrip2019 #proximaviagem #amoviajar #mulheresviajantes #travelgirl #essemundoenosso #meusroteirosdeviagem #brasileirosnaalemanha #viagens #sourbbv #viajar #travel #instaviagem #viajarfazbem #tbt #memorialdoholocausto
Esse ano Berlim comemora 30 anos (e um mês 😅) da queda do Muro de Berlim.
.
Devido a um mal entendido, na noite do dia 09 de novembro de 1989 o muro começou a ser derrubado.
.
Onde é possível ver parte do que restou: East Side Gallery (foto), Potsdamer Platz, Checkpoint Charlie, Topografia do Terror, Memorial do Muro de Berlim (na minha opinião, é o melhor lugar para entender toda a história, se emocionar com os depoimentos e ter uma vista completa do muro com as torres de vigilância, grades, cercas eletricas, entre outros), etc.
.
📍Berlim 🇩🇪
.
#murodeberlim #berlinermauer #berlinwall #berlim #berlin #alemanha #germany #eurotrip2019 #proximaviagem #amoviajar #mulheresviajantes #travelgirl #essemundoenosso #meusroteirosdeviagem #brasileirosnaalemanha #viagens #sourbbv #viajar #travel #instaviagem #viajarfazbem
Contando as Horas