02.10
2014

Chip Pré-Pago e Internet no Celular na Inglaterra e Escócia

Até uns anos atrás, viajar era motivo pra se desligar do mundo. Porém, de uns tempos pra cá, viajar significa estar conectado com mundo, literalmente. E a melhor forma pra fazer isso, é comprando um chip pré-pago de alguma operadora de celular local.

Quem for a qualquer um dos países que fazem parte do Reino Unido (Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte), vai poder comprar um chip para o celular sem a menor dificuldade (não é preciso mostrar nenhum documento e muito menos preencher nenhum cadastro). Mas pra fazer isso tranquilamente, aqui vão algumas dicas:

IMG_3147

– Operadoras de celular: No Reino Unido existem diversas operadoras de celular, como por exemplo, T-Mobile, Vodafone, O2, Three, Orange, EE, Lebara, Virgin Media, entre outras. Na minha opinião, essas são as principais e muito provavelmente, quem estiver em qualquer grande cidade do Reino Unido, vai facilmente encontrar as lojas dessas empresas. Importante: O chip comprado em qualquer lugar do Reino Unido pode ser usado em todos os países membros (Inglaterra, Escócia, Irlanda do Norte e País de Gales), sem custo extra. Continue Lendo…

Postado em Aeroportos, Assuntos diversos, Bath, Belfast, Cardiff, Edimburgo, Escócia, Giant's Causeway, Glasgow, Inglaterra, Inverness, Irlanda do Norte, Liverpool, Londres, Manchester, Oxford, País de Gales
Booking.com
20.06
2013

Londres: 15 bate-voltas de trem!

Normalmente quando eu viajo pra alguma capital da Europa ou até mesmo pra alguma cidade maiorzinha que seja rodeada por outras cidades menores interessantes, eu sempre coloco no roteiro pelo menos um bate-volta pra poder conhecer um pouco do interior daquele país.

Londres oferece uma gama enorme de bate-voltas que podem ser feitos usando tanto trem como os ônibus. Sempre que possível eu dou preferencia pra utilizar o trem, já que no UK eles geralmente são super pontuais e cobrem praticamente o país todo.

Aqui nesse post estão listados todos os bate-voltas que eu já fiz partindo de Londres, onde apenas 3 desses eu fiz partindo de Edimburgo (Manchester, Blackpool e York), mas não precisa se preocupar, é totalmente possível fazer a partir de Londres também.

Parliament Square - Londres

Parliament Square – Londres

Ainda existem muitos destinos que eu gostaria de conhecer, mas enquanto eu não risco todos da minha listinha interminável, aqui vão algumas sugestões: Continue Lendo…

Postado em Bath, Blackpool, Brighton, Dover, Hampton Court, Inglaterra, Liverpool, Londres, Manchester, Norwich, Oxford, Stonehenge, Stratford, Stratford upon Avon, Transporte público, Warwick, Windsor, York
Booking.com
19.07
2012

Miniguia para viajar de trem pela Escócia e norte da Inglaterra

** Post atualizado em abril de 2017.

Quando eu decidi fazer meu intercâmbio na Escócia, uma das coisas que eu tinha definido era: andar de trem o máximo possível.

Uma das entradas da Waverley Station

Uma das entradas da Waverley Station

Se o destino fosse perto de Edimburgo, seria a desculpa perfeita, se não fosse tão perto, seria a desculpa perfeita também. Como assim? Os trens britânicos sempre tiveram fama de serem pontuais, limpos, rápidos e eficientes, o que de fato, eu tenho que concordar.

A Escócia é um país pequeno que facilmente pode ser percorrida de norte a sul ou de leste a oeste em poucas horas. Continue Lendo…

Postado em Blackpool, Dicas de Viagem, Edimburgo, Escócia, Fort William, Glasgow, Glenfinnan, Highlands, Inglaterra, Inverness, Kyle of Lochalsh, Linlithgow, Liverpool, Loch Lomond, Londres, Mallaig, Manchester, St Andrews, Stirling, The Borders, York
Booking.com
25.05
2012

Nem só de Beatles vive Liverpool

Depois de fazer o Magical Mistery Tour, sai pra dar mais uma ultima voltinha pela cidade.

Saindo da Beatles Shop que fica na Mathew Street, em questao de poucos passos estamos no meio do Liverpool One. Inclusive dali, ja consegui avistar o meu proximo destino, a Radio City Tower.  Continue Lendo…

Postado em Inglaterra, Liverpool
Booking.com
24.05
2012

A Liverpool dos Beatles

A primeira coisa que vem a cabeça ao pensarmos em Liverpool são os Beatles. E nem poderia ser diferente, a cidade respira e vive a banda desde a década de 60 quando o grupo foi formado.

Chegando no Albert Docks

A primeira vez que fui a Liverpool foi em janeiro de 2009, foram apenas 2 dias, que mal deram pro gasto.  Continue Lendo…

Postado em Inglaterra, Liverpool
Booking.com
13.06
2011

Beatles Story, Albert Docks, Merseyside Maritime Museum e Liverpool One

Ir à Liverpool e não visitar o Museu Beatles Story é o mesmo que ir à Paris e não subir na Torre Eiffel. Então.. o nosso dia começou lá!

Museu dos Beatles, em Liverpool

Beatles Story

O Beatles Story fica no setor Britannia Pavilion, no complexo do Albert Docks. O museu é imperdível, pois conta toda a trajetória da banda, desde os seus primeiros dias em Hamburgo até o fim da banda e a carreira solo dos integrantes. O museu foi inagurado em maio de 1990.

Os instrumentos..

A primeira banda..

Para começar, alguns instrumentos musicais e onde cada integrante comprou.. passando pelo inicio da banda que John Lennon criou, a Quarry Men. Anos mais tarde, após uma intensa troca de bateristas e adição de novos integrantes e uma nova alteração de nome, a banda foi chamada então  de “The Beetles”, mas logo em seguida o nome sofreu uma pequena alteração novamente e desde então permaneceu como conhecemos atualmente: The Beatles!!!

Os shows em Hamburgo, na Alemanha...

A segunda parte do museu mostra o inicio, as passagens por Hamburgo na Alemanha e a primeira apresentação no The Cavern Club, em Liverpool e a contratação de Brian Epstein como seu primeiro empresário.

The Cavern Club..

A primeira apresentação no Cavern Club aconteceu em 21 de fevereiro de 1961, o local ainda existe, porém, como foi destruido e reconstruido, sofreu algumas pequenas transformações. Dizem que a reconstrução foi feita com os mesmos materiais. O Cavern Club fica na Mathew Street… e lá acontecerem 292 apresentações da banda!!!

A ida pra Londres...

Seguindo, a próxima etapa do museu conta a ida à Londres para a gravação de seus discos no Abbey Road Studios. O local se tornou muito popular, pois ali foi tirada a foto da capa do disco Abbey Road, essa rua fica bem em frente ao Studio.

Abbey Road Studios...

Beatles entrando no studio para gravar o primeiro disco..

A próxima “ala” do museu conta sobre o sucesso dos Beatles no Reino Unido, a primeira visita da banda aos Estados Unidos e o fenomeno que a banda causou no mundo, vindo a ser chamado de Beatlemania!!!

Beatlemania!!!

A gravação dos filmes… a história das musicas, como Penny Lane, Strawberry Fields Forever, o album e filme Magical Mistery Tour e Yellow Submarine… e St Pepper.

Strawberry Fields

Yellow Submarine

Sg. Peppers

Magical Mystery Tour..

Tem também uma parte dedicada ao ultimo show feito por eles no alto do prédio da Apple Records, em Londres!!!

O último show...

Terminando no “Going Solo” parte do museu dedicada a carreira solo dos integrantes dos Beatles…e o principal destaque é para a carreira de John Lennon… além do John Lennon’s Monument e uma exibição especial, a The Spirit of Lennon!!

Homenagem para o John Lennon

John Lennon

E tudo isso pode ser ouvido no Audio Guide chamado de Living History, que é narrada pela irmã de John Lennon, Julia. Além disso, no museu tbm tem a Discovy Zone.. um Starbucks Coffee e a Fab Four Store, a lojinha com produtos oficiais dos Beatles!!!

Discovery Zone

Saindo do museu, fomos caminhar pelo Albert Dock que fica junto ao rio Mersey… o lugar foi inaugurado em 1846 pelo então príncipe Albert, consorte da Rainha Victoria.

Albert Dock

Albert Dock

Atualmente, depois de uma grande reforma, diversos prédios foram transformados em museus, como por exemplo.. é lá onde fica uma das sede do Tate Modern Liverpool, Merseyside Maritime Museum e o International Slavery Museum!!! Além dos museus, é claro que existem vááários bares e restaurantes.

Merseyside Maritime Museum

Nos fomos conhecer apenas o Merseyside Maritime Museum, que abriu suas portas em 1980. Sua coleção tem vários artigos maritimos e conta a história da cidade vista através do seu porto que foi muito importante para o desenvolvimento da cidade. Tem uma parte do museu, talvez a mais importante e a que atrai o maior nímero de turistas, pois conta a história do RMS Titanic.. e outros navios também, como o Empress of Ireland e Lusitania!!

Titanic

A réplica do navio...

Número de mortos e quantos sobreviveram...

Em um dos andares, tem uma grande exposição sobre contrabandos, sonegações fiscais e temas relacionados a isso, que eram muito frentes em navios anos atrás. Estão em exposição alguns objetos ilegais encontrados em navios também.. essa parte é uma das melhores do museu, na minha opinião!!!

Liverpool

E pra terminar o dia.. fomos caminhar pelo Liverpool One.. que é um complexo com muuuitas lojas, cinemas, bares e restaurantes. Fica bem no centro antigo da cidade, perto da área onde fica o Cavern Club.

Liverpool One

E assim terminou nosso ultimo dia na cidade.. 2 dias e meio são suficientes para ver isso.. mas pra quem é suuuuper fã dos Beatles, talvez seja interessante fica um dia a mais, pois realmente tem muuuito mais coisas pra ver além do Beatles Story e do Cavern Club!!

Postado em Inglaterra, Liverpool
Booking.com
24.05
2011

Hard Days Night Hotel – Liverpool

Com localização estratégica, o Hard Days Night Hotel, é o único hotel temático dos Beatles e fica na mesma quadra que The Cavern Club, na área chamada de Cavern Quarter.

Hard Days Night Hotel

O hotel abriu em fevereiro de 2008 e em janeiro de 2009 a gente estava lá pra conferir como era.

No dia que chegamos em Liverpool, após fazer o check-in, subimos pros quartos deixar as malas e fomos almoçar em um dos bares do hotel. No cardápio tinha apenas hamburgers ou comidas rápidas.. mas era tudo muito bom.

Recepção do Hotel

O hotel é classificado como hotel-boutique e é de padrão quatro estrelas, mas poderia ser 5 estrelas tranquilamente, na minha opinião.

A fachada do hotel é toda de granito, com foto dos 4 integrantes dos Beatles entre cada coluna de mármore.

Hotel dos Beatles

Logo na entrada, além da música dos Beatles e de várias partituras penduradas pelo teto, quadros, fotos por todos os cantos (inclusive nas escadas, se caso vc resolver não descer de elevador) e estátuas… e vários outros objetos relacionados, e é onde ficam os 3 bares e o restaurante.

Let it be!!!

Quarto Let it be!!

O restaurante teve sua decoração inspirada na capa de Sgt. Peppers Lonely Hearts Club Band (o oitavo albúm da banda).

Hard Days Night Hotel

No total, são 110 quartos, todos com uma decoração super moderna, com fotos e artigos contando a história da banda. O quarto e o banheiro são bem amplos.

Na lojinha.. essa bateria vale uma pequena fortuna!!

Na lojinha… mais produtos dos Beatles

Ao lado do hotel, na esquina tem uma loja oficial com produtos dos Beatles e uma pequena exposição com objetos e quadros com os integrantes da banda.

** Se você gostou das dicas desse blog e quiser dar uma força reservando hotel em Liverpool através do site Booking, para iniciar as pesquisas, é  só clicar aqui -> Reservar hotel em Liverpool. Obrigada!!! **

** Importante: Ao reservar um hotel através de um link do site Booking aqui nesse post, será repassado uma comissão ao blog Contando as Horas. **

** Não sabe como utilizar o site do Booking? Aqui vai um post bem detalhado sobre como escolher e reservar um hotel. **

Posts relacionados:

Liverpool

Beatles Story, Albert Docks, Merseyside Maritime Museum e Liverpool One

A Liverpool dos Beatles

Nem só de Beatles vive Liverpool

Postado em Hotéis, Inglaterra, Liverpool
Booking.com
20.05
2011

Liverpool

Saimos de Edimburgo de manhã bem cedo e fomos pra Liverpool.. a viagem de carro dura aproximadamente 4 horas… as estradas estão em perfeitas condições e a paisagem é única!!!

Deixando a Escócia...

As paisagens...na estrada...

As paisagens entre a Escócia e a Inglaterra

O que chamou bastante atenção é que ao longo da beira da estrada não tem construções, postos de gasolina, lojinhas ou lanchonetes e/ou restaurantes, pois esse tipo de “serviço” é encontrado em uma área “exclusiva”, que a cada tantos km vc encontra uma área dessas perdida no meio do caminho.

O setor de serviços na estrada.. com restaurantes, posto de gasolina, banheiros...

Uma breve parada pra comprar algumas coisas.. e aproveitei pra tirar uma foto com a neve!!!

Chegamos em Liverpool, fomos largar as malas no hotel.. e o hotel escolhido foi: Hard Days Night, lógico (pra já ir entrando no clima)!!!! Almoçamos ali mesmo e saimos pra dar uma volta pela cidade…

Logo de inicio, a nossa programação não foi nada relacionada com os Beatles…

Liverpool é uma cidade que pertence ao condado de Merseyside, fica no meio da Inglaterra e está bem perto do País de Gales e do Mar da Irlanda. É a terceira maior cidade da Inglaterra com aproximadamente 450 mil habitantes!!!

Liverpool.. naquele ano, em 2008, foi escolhida a Capital Européia da Cultura!!

A cidade além de ser conhecida por causa dos Beatles, teve uma importante participação na história do país. A cidade começou a crescer por volta de 1229, quando o Rei John concedeu o alvará que transformou a pequena vila de pescadores em um municipio… assim, anos mais tarde, em 1229, o Rei Henry III concedeu aos pescadores e comerciantes o direito de vender sem pagar taxas para a coroa, e assim o porto de Liverpool se destacou.

Porém o a cidade recebeu o merecido destaque mesmo durante o século 18 quando o comércio com os países da América do Norte se intensificou, isso foi logo após a Grande Peste e o Grande Incêndio em Londres.

Outra coisa que também fiquei me perguntando é de onde veio o nome da cidade… e procurando pela internet achei o seguinte… “Nessa região úmida e cheia de pântanos e charcos (pools) existia uma ave chamada “Liver bird”, literalmente “pássaro de fígado”, em referência a cor vermelha de suas penas, assim… Liverpool significa “o Charco onde habita o Liver Bird”!!!!

Mas voltando ao que interessa.. a cidade pode ser dividida em três áreas básicas, em termos turísticos. O Centro, como em qualquer outra cidade inglesa, voltada principalmente para o comércio, a Mathews street e arredores, que é onde fica o famoso Cavern Club, região que forma a “Beatlelândia”, e  a região portuária Albert Docks.

Depois do almoço, fomos conhecer as duas Catedrais da cidade…  a Liverpool (Anglican) Cathedral e a Liverpool Metropolitan Cathedral!!!

A Liverpool Metropolitan Cathedral até lembra um pouco a Catedral de Brasília!! Ela foi
construída em 1967 e tem um design bem diferente das demais catedrais que se costuma ver aqui no Reino Unido. Tem uma forma arredondada e as suas cadeiras foram colocadas em forma de círculo, onde o altar fica no centro.

Liverpool Metropolitan Cathedral

Saindo de lá,  seguimos a pé para a Liverpool (Anglican) Cathedral que chama muito atenção pelo seu tamanho, ela é enooooorme… afinal, é a maior Catedral Anglicana do Reino Unido e do mundo!!!! Foi inaugurada em 1924 e tem estilo gótico.

Liverpool Anglican Cathedral

na Catedral

Lá é possivel ver uma maquete completa da Catedral e um video que mostra a evolução da sua construção e tudo isso fica num espaçõ chamado de Great Space!!!

Maquete da Catedral.. em Liverpool

Maquete da Catedral

Outra coisa que lembro que chamou atenção foram os detalhes bíblicos que ficam perto do altar. Pelo que li, a torre principal, de 101 metros, é aberta pra visitas, mas a gente não foi… pq tava muuuuito frio e ventava muuuuito naquele dia!!!

O altar

Detalhes do altar... e A Última Ceia!!

Depois dessas visitas, fomos direto para o The Cavern Club… o pub onde os Beatles tocaram muitas e muitas vezes (275 show, de acordo com a plaquinha que tem lá) no inicio da carreira.

The Cavern Club!!!!!

Como eu disse anteriormente, o Cavern Club fica na Mathew Street, na mesma quadra em que fica no Hard Days Night Hotel. O pub foi demolido nos anos 70, mas dizem que foi reconstruído usando os mesmos tijolos.

The Caveeeeern Club!!!

Perto do bar..

É basicamente um porão  com várias mesinhas e um bar onde os atendentes não são nada simpáticos!!!! Bom.. mas o primeiro show foi em 09 de fevereiro de 1961 e o último na noite de 3 de agosto de 1963.

O palco do Cavern Club... no Museu dos Beatles tem um palco igualzinho!!!

Vale a pena ir lá pelo menos uma vez na vida!!!

A principio a entrada é gratuita, a não ser que na noite tenha algum show, mas o valor é simbólico.. em torno de 2,00 libras!!!!

Um videozinho feito no The Cavern, em Liverpool.. sabe com qual música?

Melhor impossível, e ainda no final teve um “come on Braziiiilllllll” =)

Postado em Inglaterra, Liverpool
Booking.com
27.10
2010

Hotel em Liverpool

Na primeira vez que estive em Liverpool em janeiro de 2009, nos ficamos hospedados no Hard Days Nigh Hotel. Porém nessa minha segunda vez na cidade, eu até cheguei a ver se ainda havia disponibilidade, mas o hotel estava lotado. Sendo assim, eu acabei me hospedando no super bem localizado Liverpool Marriott Hotel City Centre.

O hotel fica a meia quadra da Estação de trem de Lime Street, fica a poucas quadras do Liverpool One, a uns 5 minutos do Cavern Club e uns 15 minutos do Albert Docks.

Como nesse final de semana, além de passear um pouco em Liverpool e ver as atraçoes relacionadas aos Beatles que ficaram faltando eu conhecer, eu iria passar o sabado em Blackpool. Então, o fato do hotel estar localizado ao lado da estação de trem me ajudou bastante. Continue Lendo…

Postado em Hotéis, Inglaterra, Liverpool
Booking.com
25.10
2010

Roteiro: Liverpool e Blackpool

Esse final de semana eu fui pra costa oeste da Inglaterra. Fui de trem diretamente para Liverpool e acabei indo conhecer Blackpool também. Eu já estive em Liverpool antes, mas em Blackpool ia ser a minha primeira vez. Um dos motivos que me fez voltar a terra dos Bealtes, foi pq ficou faltando fazer justamente mais alguns passeios relacionados a banda. E ainda achei bem interessante também conhecer uma típica cidade litoranea Inglesa, famosa por suas praias, por mais estranho que isso possa parecer!

Liverpool

Para chegar de trem até lá, não existe nenhuma empresa que faça o trajeto Edimburgo – Liverpool direto. A unica opção que achei foi com a Transpennine Express. Assim como as cias aéreas, as empesas de trem também tem acordos, e ao comprar o ticket no site da Scot Rail, a maior (e acho que unica) empresa de trem da Escócia, quando recebi o voucher de confirmação da compra, veio a informação que o trajeto seria operado pela Transpennine. Continue Lendo…

Postado em Blackpool, Inglaterra, Liverpool
Booking.com