15.02
2014

Seguro de Viagem Internacional

De vez enquando aparece alguém aqui no blog querendo esclarecer algumas coisas relacionadas ao assunto seguro de viagem internacional.

Nem todos os países do mundo exigem que os turistas tenham em mãos um seguro de viagem internacional pra apresentar na imigração, mas mesmo assim, eu acho que é muito importante gastar um pouquinho mais e sempre viajar com um.

O seguro de viagem internacional é uma das últimas coisas que eu compro enquanto estou montando o roteiro de uma próxima viagem. Explico:

– se eu comprar o seguro seis meses ou uma semana antes da viagem, o preço não vai sofrer alterações (como acontece com as passagens aéreas, por exemplo).

– e também, a gente nunca sabe se vai ser preciso alterar uma passagem, seja diminuindo ou aumentando alguns dias em uma viagem.

Por esses dois motivos, eu sempre acabo preferindo deixar o seguro viagem pra fazer quase perto do dia da viagem.

seguro 3_1200x841

É importante saber que, é preciso fazer o seguro viagem antes de sair do Brasil. Geralmente quando o seguro é feito quando a pessoa já está fora do país de residência, ele demora sete dias pra começar a valer. Então em uma viagem de 15 ou 20 dias, de pouco adiantaria lembrar de fazer o seguro quando a viagem já começou.

Existem diversas empresas oferecendo por ai os mais variados tipos de seguro de viagem. Eu particularmente sempre comprava diretamente com a minha agência de viagem ou as vezes diretamente no site de uma determinada empresa de seguro de viagem.

Durante o meu intercâmbio e em diversas outras viagens que eu já fiz, todos os meus seguros de viagem eram da Assist Card ou da Mondial Travel.

♦♦ O que é preciso pra comprar um seguro de viagem? ♦♦

1) Saber qual continente e país será a viagem, claro. Os preços variam muito de destino para destino.

2) Ter definido os dias da viagem. Nesse caso, eu aconselho a colocar sempre o primeiro dia em solo estrageiro até um ou dois dias a mais da data definida pra voltar, pois assim evita algum problema do tipo voo atrasado ou cancelado (por motivo de neve, temporal, greve ou qualquer outro motivo). Eu sempre faço isso!

3) Passageiros até 70 anos pagam um valor mais em conta do que passageiros acima de 71 anos. Então também é preciso saber a idade de quem vai viajar.

♦♦ Vale a pena comprar o seguro de viagem? ♦♦

Até hoje, graças a Deus, eu nunca precisei utilizar o seguro. Eu particularmente sempre compro e acho super importante viajar com um seguro de viagem feito.

Tem pessoas que acham besteira gastar dinheiro pra fazer um seguro de viagem, mas o fato é que, a gente nunca sabe quando e por quanto tempo vai precisar utilizá-lo. Então as vezes é melhor gastar 200,00 reais e não usar o seguro do que se caso for preciso, o gasto pode ser infinito. Já imaginou quanto custa um raio-x na Suiça? Ou uma cirurgia na Noruega? Eu não gosto nem de imaginar! Com certeza os 200,00 reais iriam sair muito barato nesses casos!

Eu sempre faço seguro de viagem, e todas as pessoas que me pedem uma opinião a respeito eu fortemente indico que o façam também. Não custa se prevenir! Quando a gente menos espera pode precisar!

seguro 1_1200x672

♦♦ Seguro viagem x esportes radicais ♦♦

A única vez que precisei de um seguro de viagem que cobrisse “esportes radicais” foi em uma viagem que fiz a uns mil anos atrás pra esquiar em Bariloche (leia: andar de ski-bunda! hahaha). Felizmente nunca sofri nenhum acidente ou precisei utilizar o seguro até então, mas sei que é importante mencionar se vai haver esse tipo de atividade em uma viagem, pois tem seguros que não cobrem esportes radicais ou quando cobrem, o valor é muito mais caro.

♦♦ Como funcionam os seguros de viagem? ♦♦

Na prática eu não sei, pois até hoje nunca precisei utilizar. Mas durante o curso de Turismo que fiz, eu tive aulas sobre seguro viagem e lembro que pedi pra professora o que era necessário fazer quando fosse preciso utilizar o seguro.

O que ela me disse foi o seguinte: toda a vez que fizemos um seguro saúde, nos recebemos um cartão com um número de uma central pra onde devemos ligar em caso de necessidade e um número que nos identifica diante da seguradora (com esse número eles sabem tudo referente ao plano que compramos, o tempo de duração do seguro, o país de destino e o que ele cobre). Depois de descrever o problema, eles vão nos auxiliar de duas maneiras dependendo da gravidade: vão nos encaminhar pra algum hospital ou algum médico será enviado ao local onde estamos. Então, basicamente é isso, depois disso, cada caso é um caso, claro.

♦♦ Quem vai estudar no Reino Unido, precisa de seguro saúde? ♦♦

Quando fui fazer meu intercâmbio em Edimburgo, procurei infos a respeito desse assunto e o que eu encontrei foi: pessoas com visto que vão estudar (por mais de seis meses) ou trabalhar no Reino Unido tem acesso ao sistema público de saúde britânico, o NHS. Mas achei tudo muito complicado de fazer, tem que tirar carteirinha, preencher papelada, procurar o médico da área onde eu ia morar, isso sem falar que dizem que demora meses pra sair a tal carteira. Então,  sinceramente? Achei mais fácil e menos empenho fazer um seguro de viagem desses que são feitos em qualquer outra viagem ainda quando eu estava aqui no Brasil.

Uns meses depois que eu já estava morando lá em Edimburgo que eu percebi que havia um hospital do NHS bem pertinho de onde eu morava, a umas duas quadras da estação de trem Haymarket. Então, se alguém tiver indo pra Edimburgo e quiser saber mais infos, eu acredito que lá seja um bom local pra pesquisar e conseguir algumas coisa mais detalhada referente a esse processo.

mondial

♦♦ Quem vai pra Europa, precisa de seguro viagem? ♦♦

Sim, principalmente se o país que se for visitar fizer parte do Tratado de Schengen. Esse tratado diz que todo o turista precisa de um seguro de viagem internacional com cobertura mínima de 30 mil euros.

Isso não quer dizer que assim que colocarmos nossos pés na imigração o oficial vai pedir o seguro, mas né, é sempre bom ter. Até hoje, em todas as viagens que fiz, nunca ninguém pediu pra ver o meu seguro de viagem, mas eu sempre fiz e continuo fazendo.

♦♦ O que o seguro viagem internacional cobre? ♦♦

Isso depende muito de seguro pra seguro e de empresa pra empresa. Por isso é sempre bom verificar certinho junto com a agência de viagem ou diretamente no site de cada empresa o que eles cobrem e qual é o valor de cobertura referente a cada tópico em especifico.

Outra coisa importante é verificar a politica de reembolso que algumas empresas de seguro de viagem praticam, já que nem tudo elas cobrem com o seguro, mas apresentando uma nota dos gastos, elas podem reembolsar sem problemas algumas coisas.

Também é importante verificar se em casos mais graves, que seja necessário o acompanhamento de algum famílias se as passagens e hospedagens estão incluidas no seguro viagem. Quando foi fazer meu intercâmbio também levei em consideração a empresa oferecer serviços de transporte aéreo se caso eu sofresse algum acidente e precisasse voltar pra casa.

Bom, hoje em dia os sites das principais empresas de seguros de viagem internacional que encontramos aqui no Brasil explicam tudo isso de forma simples e direta. Então, a melhor coisa é tirar um tempo e ler tudo com calma antes de solicitar qualquer seguro.

♦♦ Outros opções de seguro de viagem internacional ♦♦

Além dos seguros de viagem internacional particulares, alguns tipos de cartões de crédito também podem oferecer algum tipo de cobertura, especialmente quando a passagem internacional for comprada com o cartão de crédito em questão (ao menos o meu cartão é assim). Como nunca senti muita firmeza em utilizar o seguro viagem do meu cartão de crédito, não sei dar maiores detalhes. Se um dia eu resolver usar, atualizo esse post.

Posts relacionados:

Todos os posts sobre Dicas de Viagem

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas atualmente morando em Curitiba-PR. Já morou em Edimburgo, a capital da Escócia por quase 2 anos. Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Dicas de Viagem
Booking.com
  1. Raquel 16/02/2014 | 15:04

    Muito boa essa informação, obrigada pela dica Bruna. Abcs

    • Contando as Horas 17/02/2014 | 21:42

      Oi, Raquel

      São apenas algumas infos mais básicas, que as vezes geram muitas duvidas. Não entendo muito de seguro viagem, aliás, acho esse assunto bem complicadinho as vezes. Obrigada pela visita aqui no blog!! :D

  2. Wilma 26/03/2014 | 17:41

    Estou aqui a procurar sua viagem a Suiça, ainda não achei, vi no VnV e falando em seguro é sempre meu estresse, porque seguro é aquela coisa,
    que todos sabemos aqui no Brasil,melhor não precisar. Eu fiz há dois anos atras por essa AssistCard e quando minha mala extraviou, liguei e nem se quer o telefone atendeu. Ano passado fiz pela bandeira do meu cartão,mas como você disse, não muito confiável, sei lá,é “grátis” mas se tiver a má sorte…a fatura vai explodir.

    • Contando as Horas 27/03/2014 | 08:48

      Oi, Wilma

      Tudo que escrevi sobre a Suíça aqui no blog vc vai encontrar nesse link aqui:
      http://contandoashoras.com/categoria/suica/

      Felizmente eu nunca precisei usar o seguro viagem. Sempre faço, por pura precaução, mas espero não precisar descobrir como as coisas funcionam na prática. =DD

  3. Alessandra 29/08/2014 | 19:22

    Ola! Gostaria de esclarecer uma dúvida, pretendo fazer uma viagem de intercâmbio no primeiro semestre do ano que vem, no caso estou indo para Portugal, eu fazendo um seguro viagem que inclui o de saúde, certo? pois sempre confundo a questão, o seguro saúde é obrigatório, mas consigo fazer 1 coisa só ne? tipo não preciso pagar o seguro viagem e o saúde, certo?

    • Contando as Horas 31/08/2014 | 21:29

      Oi, Alessandra

      Isso, quando me refiro a seguro de viagem quero dizer que o seguro saude tbm está incluido (pq ainda tem seguro contra bagagem extraviada, cancelamentos inesperados e coisas desse tipo). Algumas empresaa oferecem somente o seguro saúde, outras oferecem o seguro viagem mais completo.

      No mais, na minha opinião, é muito importAnte fazer, pq gastar com hospital ou exames em euros ou libras, não deve ser barato.

      Obrigada pela visita aqui no blog!

Deixe o seu comentário...