11.11
2014

Mallaig: uma das portas de entrada para a Ilha de Skye e também o inicio (ou o fim) da Rota do Jacobite Steam Train

Até alguns anos atrás pouquíssimas pessoas já tinham ouvido falar na cidade de Mallaig, mas depois dos livros e filmes do Harry Potter, a cidade entrou na rota turística de muitas pessoas que visitam a Escócia todos os anos.

Motivo? É onde inicia ou termina (dependendo do caso) a rota por onde passa o Jacobite Steam Train, mais conhecido como Hogwarts Express. Além disso, a cidade pode ser uma alternativa para entrar na Ilha de Skye.

SONY DSC

Mallaig é um vilarejo que está localizado na costa oeste da Escócia e pertence as Highlands. A cidade é tão pequena, que em menos de 15 minutos dá pra conhecer tudo. Pra ter uma idéia, a cidade tem aproximadamente uns 700 habitantes apenas. E claro, praticamente toda a população trabalha para servir o turismo que vem aumentado constantemente.

SONY DSC

Apesar de ser uma cidade tão pequena, Mallaig tem uma estação de trem e um porto. Então, quem estiver na ilha principal vai poder chegar até lá sem nenhum problema usando trem ou até mesmo ônibus e quem estiver na Ilha de Skye, existe um ferry que faz a ligação diariamente.

SONY DSC

No dia que eu estive lá, eu fui de Glasgow a Mallaig de van e lá pequei o Jacobite Steam Train (mais conhecido hoje em dia por Hogwarts Express) e tive mais ou menos 1 hora livre pra almoçar e conhecer a cidade.

SONY DSC

SONY DSC

Então nesse meio tempo, depois de fazer um lanchinho, eu aproveitei pra caminhar no calçadão a beira-mar, de onde é possível ver algumas ilhas que fazem parte das Inner Hebrides, como as ilhas de Eigg, Rum e outras ilhas menores.

SONY DSC

SONY DSC

Também dei uma voltinha pelo porto da cidade, que apesar de minúsculo é bem movimentado, seja de barcos carregando mercadorias ou de ferries que partem para as ilhas que fazem parte das Inner Hebrides, como por exemplo a Ilha de Skye.

SONY DSC

** Quem não sabe o que são as Inner Hebrides, eu explico: A Escócia é formada pelo território que está na ilha principal da Grã-Bretanha (que divide com a Inglaterra e o País de Gales) e por outros três grandes conjuntos de ilhas chamado de Shetlands, Orkney e Hebrides. As Hebrides ainda são divididas em Inner e Outer, Geralmente a maioria das pessoas que vão as Highlands e incluem a Ilha de Skye no roteiro estão conhecendo um desses grandes conjuntos de ilhas da Escócia, que nesse caso é a Hebrides (Inner Hebrides).

SONY DSC

Como toda a cidade ou vilarejo do país, Mallaig também tem sua igrejinha, a St Columba’s Parish Church. Na verdade, quem olha de fora nem tem a impressão de que é uma igreja, pois ela mais parece uma casinha comum. No horário que eu estive lá, por volta do meio dia, a igreja estava fechada então não pude conhecer o seu interior.

SONY DSC

A cidade conta com um pequeno museu, chamado de Mallaig Heritage Centre, que conta um pouco da história da cidade através de documentos e exposições de objetos importantes, falando um pouco mais sobre o porto, a pesca e como os trilhos de trem chegaram até a cidade.

SONY DSC

E por fim, minha ultima parada foi a pequeníssima estação de trem de Mallaig (MLG), que foi onde começou minha aventura no Jacobite Steam Train, mas isso é tema para um próximo post.

SONY DSC

Dicas práticas:

– Para ir até Mallaig existem 5 opções: alugar um carro, pegar algum tour com uma agencia de turismo, ir de trem, ônibus ou pegar um ferry.

– Eu optei por fazer um tour com uma agência de turismo local, onde a van partiu de Glasgow até Mallaig e em Mallaig eu peguei o Jacobite Steam Train até Fort William, parada final desse trajeto.

– Quem quiser ir até lá de trem normal (sem ser esse maria fumaça), também existe essa possibilidade. É interessante saber que não existem muuuitas opções de horários, então é bom se programar com bastante antecedência, inclusive nos meses de verão. A única empresa que faz esse trajeto é a ScotRail, que é a única empresa de trem da Escócia. As duas únicas cidades que tem trem direto para Mallaig são: Glasgow e Fort William. Para ir até Mallaig partindo de qualquer outra cidade da Escócia, geralmente a conexão vai ser em Glasgow. Não existe trem direto de Edimburgo até MAllaig, é necessário fazer conexão em Glasgow.

SONY DSC

– Também existe a possibilidade de chegar até lá de ônibus com a empresa Shiel Buses, que pertence a empresa Scottish Citylink. A Shiel Buses é responsável pelos deslocamentos nessa parte da costa oeste da Escócia. Eu andei com essa empresa duas vezes, mas foi em outros trajetos. Uma das principais rotas operada pela Shiel Buses é a Fort William – Mallaig e o trajeto leva 1 hora e 40 minutos.

– Quem estiver em Mallaig e quiser seguir viagem de ferry até a Ilha de Skye é possível. Essa é uma rota alternativa para ir até a Ilha de Skye, pra quem não quiser ir até Inverness/Kyle of Lochalsh. A empresa que opera os ferries é a Caledonian MacBrayne, mais conhecida por Calmac.

** Precisando de hotel na Escócia? Inicie as pesquisas aqui.

** Precisando de seguro viagem? Inicie as pesquisas aqui.

Ao reservar hospedagem e seguro viagem aqui pelo blog, nós ganhamos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Obrigada! :D

Posts relacionados:

Todos os posts sobre a Escócia

Todos os posts sobre a Ilha de Skye

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas já morou em Curitiba (8 anos) e em Edimburgo, a capital da Escócia (quase 2 anos). Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Escócia, Fort William, Glenfinnan, Highlands, Ilha de Skye, Mallaig
Booking.com
  1. Inês 11/11/2014 | 13:29

    Oi Bruna… Tudo bem? Adoro seus posts e estou seguindo com muito interesse estes sobre a Escócia… Gostaria de sugerir que você colocasse um mapinha de seu itinerário, para a gente visualizar melhor… Abraços…

    • Contando as Horas 11/11/2014 | 15:04

      Oi, Inês

      Obrigada pela sugestão, pode ser uma boa idéia mesmo. Vou providenciar.
      Eu já sou tão familiarizado com o mapa da Escócia que as vezes esqueço que pode ser que as pessoas não achem nenhuma conexão apenas lendo o texto. Boa idéia!

      Obrigada pela visita aqui no blog!

  2. Junior 08/06/2015 | 22:17

    Ola bruna boa noite existe escola de inglês nessas cidades eu amo esse pais quero casar com uma escocesa VC conhece alguma rsrs

    • Contando as Horas 08/06/2015 | 22:21

      Oi, Junior

      hahahahahah Só você pra me fazer rir a uma hora dessas! Conheço algumas escocesas sim!! =DD

      Então, não cheguei a reparar se tem escola de inglês em Mallaig ou na Ilha de Skye, mas em Glasgow, Edimburgo, Dundee, Aberdeen, entre outras cidadezinhas maiores existem sim, mas ai teria que procurar. Assim de cabeça eu só sei algumas em Edimburgo. Inclusive já escrevi um post sobre isso aqui no blog, caso queira ver:
      http://contandoashoras.com/2012/06/07/intercambio-as-escolas-de-ingles-em-edimburgo/

  3. Eduardo 09/08/2015 | 21:59

    Oi Bruna , gostei muito de suas informações. Estou planejando um roteiro em outubro, 4 noites Londres, ir para Edimburgo de trem, ficar 3 noites, alugar um carro e fazer Inverness 3 noites(visitar Fort Willians e o passeio de Trem), depois 2 noites em Portree conhecendo a ilha Skye, dirigir para Glasgow 01 noite e voar de volta. o que você acha do roteiro? Obrigado por sua atenção!

    • Contando as Horas 10/08/2015 | 14:32

      Oi, Eduardo

      Legal! Teoricamente o teu roteiro tá tranquilo. Só não entendi uma coisa, vc deixa o carro em algum lugar pelo caminho ou segue com ele pra ilha de Skye partindo de Mallaig? Olha bem como funciona o horario do transporte da Calmac em outubro, qual é a frequencia dos horarios dos barcos e vê também se todos dão a possiblidade de fazer a travessia com carro. Mas no geral, tá bem legal esse teu roteiro!!

      • Eduardo 10/08/2015 | 17:16

        Boa tarde Bruna, na verdade iria de carro para ilha de Skye dando a volta por Kyle Lochalsh. Entretanto estou achando o trecho de volta Portree a Glasgow longo.Um opção seria de carro Edimburgo à Inverness 2 noites , depois Portree 2 noites, seguindo para Fort willans 01 noite( fazer o passeio de trem) e depois seguir Glasgow 01 noite. De modo a reduzir o tempo de viagem de carro de retorno. O que você acha? Obrigado!

  4. Eduardo 10/08/2015 | 17:44

    Oi Bruna , o plano era ir de carro a Skye passando por Kyle Lochalsh. entretanto a volta Portree à Glasgow é um pouco longa.Uma opção seria de carro Edimburgo a Inverness-02 noites,depois Portree- 2 noites seguindo para Fort Willians 01 noite e por fim Glasgow 01 noite. O que você acha? obrigado pelo retorno!

    • Contando as Horas 10/08/2015 | 21:46

      Oi, Eduardo

      Entendi. Basicamente vc vai fazer o mesmo roteiro que fiz. Assim, você pode ir até Inverness, seguir para Kyle Lochalsh e entrar na Ilha de Skye. Portree fica um pouco longe de Glasgow mesmo, mas vc pode parar em Fort William e fazer o passeio de trem até Mallaig, visitar Glenfinnan, fazer o passeio de barco no Loch Shiel ou até mesmo no Loch Linnhe, tem o Ben Nevis ali pertinho também e depois voltar pra Glasgow.

  5. Rosana 17/01/2016 | 18:26

    Bruna eu e minha filha e meu genro estamos querendo ver as luzes do norte, quando e onde aparece

    • Contando as Horas 18/01/2016 | 21:58

      Oi, Rosana

      A Escócia não é o “melhor” destino pra isso, mas volta e meia acontece uma série de fatores que possibilitam ver a Aurora Boreal. Mas assim, geralmente é mais fácil ver agora durante o inverno, mas pra isso, o céu precisa estar limpíssimo (sem nuvens ou neblina ou algo do tipo), além de outros fatores, claro.

      Quando eu tava na Escócia eu sempre ficava de olho nesse site: http://aurorawatch.lancs.ac.uk/

Deixe o seu comentário...