14.12
2014

Tram: a mais nova opção de transporte público de Edimburgo

* Post atualizado em janeiro de 2017.

Mesmo Edimburgo sendo a capital da Escócia, a cidade tem um ar de cidade pequena. Boa parte das atrações de Edimburgo podem ser percorridas a pé, já outras poucas atrações vão exigir recorrer ao transporte público.

Até pouco tempo atrás, a única opção de transporte público em Edimburgo eram os ônibus, mas desde maio de 2014, o tram começou a funcionar.

IMG_3565

No tempo que morei em Edimburgo (2010 e 2011), os trilhos do tram estavam sendo construídos e a cidade tava uma verdadeira bagunça. Claro que a bagunça era bem organizada e tudo era muito bem sinalizado, tanto para pedestres tanto para motoristas.

Felizmente, nessa ultima viagem que fiz pra lá (setembro de 2014), eu pude andar no tram. E já adianto, apesar de toda a reclamação dos escoceses de que seria um dinheiro mal gasto, eu devo admitir que ficou ótimo.

SONY DSC

O tram tem apenas uma unica linha por enquanto (o projeto final é para que tenha três linhas) e o trajeto que ele percorre é de 15 km, indo da York Place no centro de Edimburgo até Aeroporto. No total, pelo caminho são feitas 15 paradas e o trajeto fica em torno de 45 minutos. A frequência dos trams é boa, a cada 7 – 10 minutos e aos domingos sobe um pouco, ficando entre 12 – 15 minutos.

→ Comprando ticket

As quatro únicas opções para comprar o ticket são: pela internet, nas máquinas existentes em cada uma das paradas, nas Travelshops (clique no link vermelho pra ver os endereços) e ainda, pelo aplicativo para celular chamado de Transport for Edinburgh (quem optar por comprar o ticket nessa modalidade, é bom verificar se há necessidade de validar o ticket antes de entrar no tram. Eu lembro de ter visto algum coisa nas paradas sobre isso, mas não sei ao certo como funciona).

Não faz muito tempo, também é possivel comprar o ticket on board, ou seja, dentro do tram, mas a tarifa é beeem mais cara, atualmente o valor é de 10,00 libras.

SONY DSC

O tram tem duas zonas: a City Centre Zone e a Airport Zone. Basicamente o que diferencia elas é o seguinte, quem andar entre qualquer uma estação que não seja a do aeroporto vai estar dentro da zona “City Centre” e quem for até o aeroporto, obviamente, estará entrando na zona “Airport”.

Existem quatro tipo de tickets + o smartcard chamado “Citysmart”.

IMG_3556

Single ticket: como o próprio nome já diz, esse ticket só pode ser usado uma única vez para um único trajeto. Após comprar esse ticket, ele deve ser usado em até 30 minutos. O valor em setembro de 2014 era de 1,60 libras pra a zona City Centre e para o Aeroporto é de 5,50 libras.

Return ticket: pode ser usado duas vezes, mas só pra quem for e voltar do aeroporto. Fora desse trajeto não tem como usar essa opção. O valor pra ir até o aeroporto é de 8,50 libras.

SONY DSC

Day ticket: pode ser usado quantas vezes quiser em um único dia, ou seja, quem for usar mais do que duas vezes, esse tipo de ticket é o mais indicado. O legal desse tipo de ticket é que ele permite que o mesmo ticket possa ser usado tanto no tram como nos ônibus da Lothian Buses. Pra quem comprar pra usar dentro da zona City Centre, o valor é de 4,00 libras (inclusive dá pra usar nos ônibus que vão ao Porto de Leith, eu usei e deu certo!) e pra quem for até o aeroporto, ele custa 9,00 libras.

SONY DSC

Family ticket: como o próprio nome já diz, é ideal para 2 adultos + 3 crianças sem limite de uso por um único dia, mas desde que todos estejam viajando juntos. Valor de 8,50 libras.

Citysmart: é um smartcard, tipo o Oyster Card de Londres. Logo que foi implementado, ele era indicado somente pra quem fosse ficar bastante tempo em Edimburgo, mas as regras mudaram. Agora é possivel comprar esse cartão e carregá-lo com o equivalente a 5, 10, 20 ou 50 viagens. A compra desse cartão e das viagens pode ser feita no site ou nas Travelshops e somente a recarga de 5 viagens pode ser feito no ônibus com o motorista (é necessário ter o dinheiro exato, pq vc vai colocá-lo em uma caixinha e não volta troco, mesmo procedimento que acontece nos ônibus).

SONY DSC

Obs.: quem for morar em Edimburgo e fizer o Ridacard, o smartcard pra andar nos ônibus, também pode utilizá-lo no tram.

Ah, e as máquinas aceitam apenas cartões de credito e debito e moedas. Quem for pagar em moedas, é bom ter o valor certinho ou o mais próximo possível, pois a máquina não devolve troco. Eu comprei apenas uma única vez com moeda pq eu tinha o valor certo, porém as demais vezes tive que usar o cartão de crédito.

→ O trajeto

O trajeto do tram liga a York Place (no centro de Edimburgo) até o aeroporto. As 15 paradas são: York Place – St Andrew Square (pra quem precisar descer para ir até a Bus Station ou Waverley Station) – Princes Street (perto do The Mound) – West End – Estação de trem Haymarket – Murrayfield Stadium – Balgreen – Saughton – Bankhead – Edinburgh Park Station (para quem precisar descer para ir até a Park Station) – Edinburgh Park Central – Gyle Centre – Gogarburn – Ingliston Park & Ride – Edinburgh Airport.

trajeto tram edimburgo

Foto retirada do site Edinburgh Trams

→ Horário de funcionamento

Para os trams que partem da York Place, o primeiro horário é 05:29 e o ultimo tram parte as 23:08 (quem for para o aeroporto, deve evitar pegar o tram nesse ultimo horário, pois ele só vai até a parada Gyle Centre).

Para os trams que parte do Aeroporto de Edimburgo, o primeiro horário é as 06:15 e o ultimo tram parte as 22:45.

SONY DSC

→ A experiência de andar no tram

Nessa ultima viagem, eu andei algumas vezes no tram, seja na área mais central da cidade ou para ir até o aeroporto.

Todas as vezes eu comprei os meus tickets nas máquinas que ficam nas paradas do tram. O processo de compra foi bem simples e não levei mais do que 2 minutos.

SONY DSC

Todas as paradas tem um painel eletrônico que informa quantos minutos faltam para o próximo tram chegar e tem bancos para descansar um pouco enquanto o tram não chega.

Ao entrar no tram, já tenha o ticket em mãos, pq logo um funcionário passa conferindo. Geralmente eles passam conferindo apenas uma única vez, mas tem paradas onde entram muuuuitas pessoas, que pode ser que eles peçam pra ver o ticket de novo (isso aconteceu comigo uma única vez, no trajeto para o aeroporto).

SONY DSC

O tram oferece internet wi-fi, bem simples de conectar. Eu testei e achei que funcionou super bem.

SONY DSC

O tram tem espaços específicos para colocar as malas, local para carrinhos de bebe, bicicleta e ainda, cadeiras de rodas. Também disponibiliza bancos para idosos e gestantes. Note que quando o tram estiver se aproximando da parada, já dá pra saber o que pode ser encontrando em cada vagão, pois existem adesivos nos vidros indicando se aquele vagão tem local para carrinhos de bebe, se tem cadeira para idosos e assim por diante.

IMG_3561

O tram é super moderno, os bancos são de couro e estava impecavelmente limpo. Eu gostei bastante das vezes que usei essa opção e por isso recomendo.

IMG_3560

Obs.: em dias de muita chuva, neblina ou jogos no Murafield Stadium é aconselhável a pegar o tram ao invés do ônibus, pois a movimentação de carros pode ser intensa no trajeto mais fora da cidade.

IMG_4119

→ Como comprar ticket nas máquinas (passo a passo com fotos ilustrando cada tela)

1 tela: desativar a tela de descanso ao tocar na máquina

2 tela: vai perguntar “How would you like to travel today?” (Como vc gostaria de viajar hoje?) e as opções vão ser: “select you destination” (essa opção é indicada pra quem for comprar o single ticket ou return) ou “select your day ticket” (essa opção é para quem for comprar o ticket que pode ser usado de forma ilimitada em um único dia tanto no tram como no ônibus).

IMG_3558

3 tela: “Select your destination or touch “Search Destination” for more destinations é a próxima tela. Para a máquina entender qual zona a pessoa quer comprar o ticket (city centre ou airport), é preciso selecionar qualquer uma das paradas. Então, quem vai ficar no centro da cidade e não sabe qual é a melhor opção pra selecionar, não tem problema, é só selelcinoar a qualquer uma, desde que não seja o aeroporto, claro. Agora, quem vai para o aeroporto, obviamente, deve clicar na opção Edinburgh Airport.

IMG_3557

4 tela: “Ticket Selection Details”, nessa tela é necessário clicar no + para indicar quantos tickets vão ser comprado em qualquer uma das opções fornecidas.

SONY DSC

5 tela: Após determinar quantos tickets vão ser comprados, vai aparecer um botão em vermelho para confirmar a opção. É só clicar nesse botão para ir para a tela final.

SONY DSC

6 tela: “Please make your payment”. Nessa hora é necessário decidir se o pagamento do ticket vai ser feito em moeda ou em cartão de crédito ou debito. Lembrando que quem optar por pagar em moeda deve ter o valor certinho ou o mais próximo possível, pois a máquina não devolve troco.

SONY DSC

Ai é só aguardar uns segundos o ticket ser impresso e retirar na “gavetinha” que fica logo abaixo da tela.

IMG_3559

Não é necessário validar o ticket antes de entrar no tram, mas vale lembrar que depois de comprar a passagem, é necessário usá-la em até 30 minutos.

IMG_4039

→ Considerações finais

Mantenha o ticket durante todo o trajeto, pois como eu já disse anteriormente, os funcionários podem passar a qualquer momento para verificar. Geralmente eles fazem isso apenas uma única vez, mas pode acontecer de verificarem mais de uma. Pra não pagar multa, é bom respeitar as regras.

Obs.: Edimburgo tem outra modalidade de transporte publico para ir do aeroporto ao centro da cidade ou vice-versa: o ônibus Airlink 100. Quem quiser ver esse post, é só clicar aqui -> Airlink: O ônibus que vai do aeroporto de Edimburgo ao centro da cidade.

** Precisando de hotel em Edimburgo? Inicie as pesquisas aqui.

** Precisando de seguro viagem? Inicie as pesquisas aqui.

** Precisando alugar um carro? Inicie as pesquisas aqui e/ou aqui.

Se você gostou das dicas, ao reservar hospedagem, seguro viagem e aluguel de carro aqui pelo blog, nós ganhamos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Obrigada! :D

Posts relacionados:

Todos os posts sobre a Escócia

Todos os posts sobre Edimburgo

Todos os posts sobre Glasgow

Todos os posts sobre as Highlands

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas já morou em Curitiba (8 anos) e em Edimburgo, a capital da Escócia (quase 2 anos). Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Aeroporto, Edimburgo, Escócia, Transporte público
Booking.com
  1. Nanda | vontadedeviajar.com 15/12/2014 | 15:42

    Oi, Bruna
    Bem legal o tram! Sabe se algum desses pontos é conectado à estação trem de Edimburgo (aquela perto da North Bridge)?
    Beijos!

    • Contando as Horas 16/12/2014 | 22:51

      Oi, Nanda

      Conectado diretamente não, mas a parada mais próxima da Waverley Station (que fica perto da North Bridge) é a St Andrew Square. É só descer uma quadra, atravessar a rua e entrar pela entrada proxima ao Balmoral, que tem escadas rolantes. Super tranquilo!

  2. Vanessa 18/05/2015 | 14:13

    Boa tarde…
    Muito legal seu post.
    Uma amiga e eu vamos em Junho, e só ficou uma dúvida. Esse ida e volta, eu posso comprar e usar em dias diferentes?
    Não sei se a pergunta é ignorante, mas ….

    Obrigada

    • Contando as Horas 18/05/2015 | 22:03

      Oi, Vanessa

      Sabe que não sei?!?! Não lembro de ter lido nada sobre se existem regras nesse caso ou não.

      Mandei um email pro pessoal do tram pedindo detalhes. No caso do Airlink (ônibus) eles davam algumas semanas de prazo pra usar o ticket da volta.

      Bom, assim que eles me responderem atualizo o comentário.

  3. Otto Fernandes 21/05/2015 | 15:56

    Boa tarde Bruna, como prometi, estou esmiuçando o seu blog, especialmente sobre a Escócia, país que pretendo conhecer no ano que vem. Seu post sobre os trams está perfeito. Mas entendi, pelas minhas pesquisas, que os ônibus também são uma boa opção. Você tem algum post sobre o uso dos ônibus em Edimburgo? Tenho procurado, mas não encontrei. Seu blog está de parabéns e suas dicas são ótimas. Abçs.

    • Contando as Horas 22/05/2015 | 00:02

      Oi, Otto

      Isso mesmo, o ônibus (chamado Airlink) é uma outra opção. Tenho post sobre ele sim, aqui:
      http://contandoashoras.com/2011/11/20/airlink/

      Normalmente, eu indico pegar o ônibus apenas em horário fora de pico, pq as vezes tem muito movimento nessa saída da cidade que fica pro lado do aeroporto. Se vc pegar o tram, como ele se desloca num trilho especial, vc não terá nenhum atraso.

      Obrigada pela visita aqui no blog!! =DD

  4. Otto Fernandes 25/05/2015 | 17:53

    Valeu Bruna, estou pesquisando…

  5. ligia de cassia sangiorgio 09/10/2015 | 16:11

    Oi Bruna, não entendi direito uma coisa. O ticket do aeroporto para a cidade e retorno, tem que ser usado no mesmo dia? ou podemos comprar na ida e usa-lo dois dias depois para voltar?

    • Contando as Horas 10/10/2015 | 10:20

      Oi, Ligia

      No site do tram diz o seguinte: “The outward journey must be on the day of purchase, however the return journey is open, and can be taken when needed.”, ou seja, é possível usar 2 dias depois da data de compra para voltar ao aeroporto.

  6. Antonio Crato 13/04/2016 | 20:21

    Bruna,

    A informação sobre os eletricos (tram)de Edimburgo e excelente.
    De Lisboa dou-lhe os parabens.

    Bjs.

    • Contando as Horas 14/04/2016 | 01:05

      Oi, Antonio

      Muito obrigada!! :D

      Saudade de Lisboa e de Portugal, espero em breve voltar ao seu país. Gostei demais dai!! :DD

  7. Luis César 21/04/2016 | 08:21

    Oi, ou Olá!

    Parabéns pelo blog, muito bom mesmo, mui “bacana” moça. E ainda bem que gosta de “cá”, fico feliz c/ isso, pois geralmente a “galera brazuca” não fala muito bem de Portuga, née.

    Votos que este vosso blog continue e por muito tempo, um bem haja,

    Atenciosamente, LC.

  8. Luis César 21/04/2016 | 08:25

    Ah, um PS, se cá voltar não deixe de vir aqui ao Algarve! Vá ver que não se arrepende.

    Mas também aconselho o Porto, a Madeira e os Açores, as ilhas.

    • Contando as Horas 30/04/2016 | 16:01

      Oi, Luis César

      Não posso afirmar sobre o gosto dos outros, mas ao menos eu gostei muito de Portugal. Certamente voltarei um dia pra conhecer outras partes do país, inclusive o Algarve e o Porto, que são os destinos que to querendo muito conhecer.

      Obrigada pela visita aqui no blog! Aproveite Edimburgo (que fica muito mais perto de vcs ai em Portugal do que de mim)!!!!

  9. Marcio Marques 09/06/2016 | 17:46

    Boa tarde,

    Sei que o meu comentário não tem haver com este post, que já foi muito util por sinal, mas estou com uma dúvida ! Ir para Malta ou para Edimburgo.
    A diferença de valor é de 2.5 reais, a pergunta é, vale a pena pagar esta diferença !

    Agradeço desde já

    Marcio Marques

    • Contando as Horas 12/06/2016 | 16:20

      Oi, Marcio

      Depende! Vc deve levar em consideração a época que vc vai e se vc gosta mais de calor ou frio. Malta costuma ser mais quente e Edimburgo mais fria. Tudo depende do que vc prefere. Eu ainda não estive em Malta, então não sei te dar mais infos sobre lá, já sobre Edimburgo, o blog tá cheio de posts e opiniões minhas a respeito de diversos assuntos (baseadas nas minhas experiências).

  10. Aline 18/10/2016 | 21:49

    Oi… O valor de ida e volta de trem chegando pelo aeroporto então é 8,00 Libras? Vou fazer um bate volta de Londres… eu compro esse ticket de 8,00? ou compro um de 5,00 e um de 8,00? Obrigada por todas as dicas… estaremos em Edimburgo na próxima semana e estou levando seu blog com a gente! bjs

    • Contando as Horas 27/10/2016 | 03:53

      Oi, Aline

      Se vc ja sabe que vai chegar e sair de Edimburgo de avião, melhor comprar o ticket ida e volta.

      Obrigada pela visita aqui no blog!

  11. Renan 02/01/2017 | 14:55

    Olá!
    Vou pegar um voo que chega em Edimburgo as 22:10, você acha que o tempo é muito apertado para conseguir pegar o último tram que parte as 22:45?

    • Contando as Horas 02/01/2017 | 22:22

      Oi, Renan

      Depende! Depende de onde vem teu voo. Se for um voo domestico, teoricamente da tempo sim, pois vc nao precisa passar na imigração, ja se for um voo vindo de outros lugares da Europa, vc tera que passar na imigração, ai depende muito de como vão estar as filas. Se vc não conseguir pegar o tram, o Airlink nesse horário é bem tranquilo, não costuma ter movimento nas estradas.

      Obrigada pela visita aqui no blog!

Deixe o seu comentário...