03.11
2015

O Lado B de Edimburgo: Os parques privados

Quem caminha por algumas regiões de Edimburgo vai notar que existem parques ou pracinhas totalmente cercada por grades ou muros. Ao tentar achar o portão de entrada, com certeza vai ter uma plaquinha informando: “Private Park” ou “New Members Welcome” ou ainda “These Gardens are for use of Key Holders”.

edimbra 2011 845

Poisé, é isso mesmo. Em Edimburgo existem diversos parques ou pracinhas que não são abertas ao publico em geral. Alguns parques aceitam qualquer morador da cidade como membro, já outros aceitam somente moradores daquela determinada região da cidade.

Turisticamente falando, esse post pode até não ser interessante, mas pra quem estiver pensando em morar em Edimburgo, quanto mais informações sobre determinadas coisas na cidade, melhor. Certo?

edimbra 2011 848

As quatro áreas mais comuns e que logo despertam curiosidade são:

– Na Queen Street é onde fica o parque privado Queen Street Gardens, acho que esse é um dos maiores parques privados de Edimburgo. Como ele tem uma localização beeem central, quem caminha pela New Town ou vai até Stockbridge, com certeza vai reparar nesse parque.

– Entre Stockbrige e Dean Village fica o Dean Gardens, na minha opinião, apesar de eu nunca ter conseguido entrar lá (apenas pedi pra uma mulher que estava cuidando de um menininho tirar uma foto pra mim hahaha), esse deve ser um dos parques privados mais bonitos da cidade. Ele fica numa parte mais alta, de frente para o rio Water of Leith e para o St Bernard’s Well. Cheguei a cogitar a ser um novo membro desse parque, pq ele me pareceu ser um dos mais legais.

– Entre a Galeria Nacional de Arte Moderna e o Dean Gardens fica o Belgrave Crescent Gardens, um parque privado enooorme, também muito frequentado em Edimburgo.

– Entre a Galeria Nacional de Arte Moderna e a rua onde ficam varias embaixadas em Edimburgo fica o Drumsheugh Gardens, outro jardim que me pareceu ser privado, mas eu não tenho certeza. Esse parque tem mais possibilidades de ver como é dentro, pois as árvores não são tããão fechadas ou bloqueiam a visão.

edimbra 2011 846

Mas o que tem dentro desses parques privados? Ahhh, isso é um mistério. Pelo pouco que consegui ver (principalmente durante os meses de inverno, quando as árvores estao sem folhas), existem pistas de caminhada, bancos e parquinho/brinquedos para crianças.

A título de curiosidade, eu pesquisei sobre o valor cobrado para ter acesso a um dos maiores parques privados de Edimburgo, o Dean Gardens. A anuidade fica em 110,00 libras + 30,00 libras de taxas administrativas.

edimbra 2011 842

St Bernard’s Well

Pra ter uma ideia de como a coisa é organizada, tem formulário de inscrição pra preencher, regulamento de uso para pessoas e para animais de estimação, entre outros.

Edimburgo tem diversos parques com acesso gratuito ao publico, como: Princes Street Gardens, Meadows Park, Holyrood Park, Inverleith Park, Jardim Botânico, entre outros. Todos são muito seguros, exceto o Meadows Park, onde é recomendado tomar mais cuidado, principalmente a noite pq ficam muitos bêbados por ali (mas durante o dia é bem tranquilo). Juro que não entendi muito bem qual é o motivo da existência desses parques privados, mas…. Coisas que a gente só vê em Edimburgo!

Obs.: Todas as fotos desse post são do Dean Gardens.

edimbra 2011 850

Casas próximas ao Dean Gardens

O “Lado B de Edimburgo” é uma série de posts que vou publicar nos próximos meses, falando somente de lugares pouco conhecidos por turistas, mas que com toda a certeza, valem muito a pena serem incluídos em um próximo roteiro de viagem a Edimburgo! 

* Acompanhe e participe nas redes sociais (Instagram e Facebook) usando a hashtag #Descubra_a_Escócia.

** Precisando de hotel em Edimburgo? Inicie as pesquisas aqui.

** Precisando de seguro viagem? Inicie as pesquisas aqui.

Ao reservar hospedagem e seguro viagem aqui pelo blog, nós ganhamos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Obrigada! :D

Posts relacionados:

Todos os posts sobre a Escócia

Todos os posts sobre Edimburgo

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas atualmente morando em Curitiba-PR. Já morou em Edimburgo, a capital da Escócia por quase 2 anos. Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Atrações turísticas, Edimburgo, Escócia
Booking.com
Deixe o seu comentário...