04.11
2014

Todas as opções de transporte para ir até Glasgow

Quando o assunto é meio de transporte para ir até Glasgow, a cidade oferece tantos aos seus moradores quanto aos turistas, diversas opções. Entre essas opções estão: trem, avião, ônibus e carro. Bom, até aqui eu não disse nenhuma novidade. Mas vamos aos detalhes de cada uma:

IMG_1783

→ Trem

Uma das melhores formas de se locomover pela Escócia é andando de trem. O país tem uma malha ferroviária de dar inveja, que cobre muito bem boa parte do país. Quem quiser ir a Glasgow, existem diversas empresas que vão até lá, como por exemplo: a principal empresa do país, a ScotRail (mesmo com a FirstGroup tenha perdido o contrato para administrar os trens escoceses para uma empresa Holandesa, a Abellio), Virgin Trains (trens que vem do País de Gales e principalmente da Inglaterra), Transpennine Express (trens que vem da costa oeste da Inglaterra, como Manchester e Liverpool), East Coast (trens que vem da costa leste da Inglaterra, como Newcastle e York por exemplo), Cross Country (com trens que vem de algumas cidades mais no meio da Inglaterra, como Sheffield e Bristol, por exemplo) e a Caledonian Sleeper (que são os trens noturnos que atravessam o Reino Unido, indo do sul da Inglaterra até o norte da Escócia).

** Quem quiser ler o post sobre “Como ir de Londres a Glasgow de Trem”, é só clicar aqui. **

IMG_0908

Glasgow conta com duas estrações de trem principais, a Glasgow Central e a Glasgow Queen Street. Ambas ficam no centro da cidade e inclusive, elas ficam bem próximas.

A Glasgow Central Station é a principal e maior estação de trem da cidade. Ela recebe diariamente um número enorme de pessoas que chegam ou parte principalmente do norte do País de Gales, Inglaterra e algumas cidades da Escócia, principalmente as da costa oeste.

IMG_1685

Nessa ultima viagem, eu estive lá pela primeira vez. Achei a estação relativamente grandinha, mas nada se compara com as estações de trem de Londres, por exemplo. Ela é bem organizada, tem opções de lanchonetes e restaurantes, lojas e tem até uma Boots (farmácia).

Quem precisar comprar ou coletar alguma passagem, existem os guichês de atendimento e diversas maquinas espalhadas pela estação.

IMG_1540

A estação conta com três acessos de entrada/saída. Todo o acesso as plataformas são feitos através de catracas, então é necessário ter ticket em mãos, claro.

IMG_1538

Dependendo do destino, o acesso ao trem é feito por plataformas subterrâneas e as indicações de horários e qual plataforma o trem parte, estão em uma parte em separado no paínel. É bom ficar ligado!

IMG_0901

Já a Glasgow Queen Street Station, fica junto a George Square, a principal praça da cidade. Praticamente ela só recebe trens que chegam ou partem para cidades escocesas. Inclusive, essa é a principal estação usada para quem quer ir de Glasgow a Edimburgo ou vice-versa ou pra quem pretende seguir viagem as Highlands, indo até Inverness.

IMG_1258

Essa estação é bem pequena, então não há necessidade de chegar com muita antecedência antes de uma viagem. Ela tem três entradas/saídas que estão muito bem sinalizadas. Tem um escritório com diversos guiches de atendimento (sempre com filas enormes) e algumas máquinas espalhadas pela estação onde é possível comprar o próprio ticket ou ainda, coletar os tickets comprados pela internet.

IMG_1403

Tem algumas, mas são poucas, opções de lanchonetes e lojas. Tem uma Boots (farmácia) bem pequena, mas que ajuda se caso precisar comprar alguma coisa de ultima hora.

IMG_1777

Além disso, é importante avisar que, quem for fazer algum passeio pelas cidades que são consideradas parte da região metropolitana de Glasgow (como por exemplo, quem for a Balloch para visitar o Loch Lomond e o Parque Nacional Trossachs), as plataformas ficam no subsolo e no painel, elas estão reunidas numa tela em separado.

IMG_1781

Para pegar um trem ou para quem estiver chegando em Glasgow, é necessário ter em mãos o ticket para passar nas catracas que liberam o acesso. Sem o ticket não tem como ter acesso as plataformas ou deixar as plataformas. Importante guardar a passagem até o final, sempre.

IMG_1264

Obs.: ambas as estações tem guarda-volumes, que são chamados de left luggage lockers.

→ Avião

Apesar de um nunca ter usado essa opção para ir até Glasgow, o avião pode ser uma boa idéia dependendo do destino. Glasgow conta com dois aeroportos, o Glasgow International Airport (IATA: GLA) que fica mais próximo do centro da cidade e o Glasgow Prestwick Airport, que fica a quase 50 km de distância do centro da cidade.

O aeroporto internacional é o segundo mais movimentado de toda a Escócia, ficando atrás somente do aeroporto de Edimburgo, claro. Esse aeroporto recebe voos vindos tanto de Londres como de algumas outras cidades do UK, mas também recebe voos dos EUA, Canadá e Oriente Médio.

IMG_1213

Já o aeroporto de Prestwick recebe apenas voos domésticos e de cias aéreas de baixo custo. Esse é o único aeroporto da Escócia com estação de trem, o que ajuda bastante quem vai pegar um voo para outras partes do UK.

As principais cias aéreas que voam pra Glasgow de diversos destinos tanto no UK como na Europa são: British Airways, Loganair, Flybe, EasyJet, Jet2, Thomas Cook, Ryanair e Thomson Airways.

→ Ônibus

Quem optar por chegar ou partir de Glasgow usando ônibus, um ótimo site pra pesquisar rotas ou verificar a situação de algum trajeto em especifico ou ainda atrasos e cancelamentos é o site da Traveline Scotland. O site é bem primitivo e num primeiro momento meio confuso, mas com um pouco de paciência, a gente consegue achar tudo o que precisa. Na verdade, o aplicativo de celular é mais simples de usar, ao menos eu prefiro.

As principais empresas de ônibus a nivel nacional são a Scottish Citylink, Mega Bus e a National Express. Já para deslocamentos na cidade ou em regiões nos arredores de Glasgow e curtas distâncias, as mais usadas são: First, Stagecoach, West Coast Motors e McGills Bus.

** Para saber mais sobre “Como andar de ônibus na Escócia”, é só clicar aqui. **

IMG_1215

A rodoviária de Glasgow fica numa região bem central da cidade, bem perto da estação de trem de Glasgow Queen Street e das principais ruas de comércio da cidade. É considerada a maior rodoviária da Escócia.

A Buchanan Bus Station, como é chamada a rodoviária de Glasgow, me surpreendeu. Ela é bem moderna (segue o mesmo estilo que a de Edimburgo, porém ela tem o dobro de tamanho) e organizada. Sério, no dia que peguei o ônibus pra ir até Inverness, não acreditei que aquilo poderia ser uma rodoviária.

Mesmo tendo o dobro de tamanho com relação a rodoviária de Edimburgo, é muito fácil se localizar ali. Não tem nenhum segredo. Quem precisar comprar passagens, existe um guichê (que tá quase sempre cheio) ou também, o que é mais recomendado, é comprar as passagens pela internet no site da própria empresa (as passagens vem no e-mail, é só imprimir).

IMG_1910

A estação não oferece muitas opções relacionadas a lojas e lanchonetes, mas existe um Sainsbury (mercado) na esquina oposta, então já ajuda bastante quem precisar comprar alguma coisa de ultima hora.

→ Carro

Eu nunca dirigi no Reino Unido. A única vez que andei de carro foi em uma viagem que fiz entre Edimburgo e Liverpool. Não tenho nenhuma experiência nesse sentido, mas o que posso dizer é que, quem resolver optar por esse meio de deslocamento, deve se preparar muito bem. Dirigir na mão contraria, acredite, não é nada fácil, pq tudo é literalmente ao contrario do que nos estamos acostumados aqui no Brasil.

A principais estradas que dão acesso a Glasgow são as motorways M1, M6 e M8, mas existem muitas outras. A distancia entre Londres e Glasgow, por exemplo é de quase 7 horas de viagem. Já quem for de Edimburgo a Glasgow, as melhores opções são a A8 e a M8 e o tempo de viagem é de mais ou menos uns 35 minutos. E para ir de Glasgow a Inverness, a melhor opção é a A82, que passa por Fort William.

SONY DSC

Quem precisar abastecer, não é comum ver postos de gasolina na beira da estrada como frequentemente vemos aqui no Brasil. Eles tem uma região a cada tantos km chamada de “Services” que é onde estão os postos de gasolina, lanchonetes e banheiros. Então, quando aparecer uma placa de “Services” na estrada, é necessário pegar esse caminho.

Obs.: quem quiser ver o preço da gasolina (petrol, no Reino Unido), o melhor site que achei foi o Petrol Price.

Posts relacionados:

Todos os posts sobre a Escócia

Todos os posts sobre Edimburgo

Todos os posts sobre Glasgow

Todos os posts sobre as Highlands

Siga o Blog Contando as Horas nas redes sociais:

no Instagram: @brunabartolamei

e curta nossa fanpage no Facebook: facebook.com/ContandoAsHoras

Bruna Bartolamei
Siga-me

Bruna Bartolamei

Catarinense, mas atualmente morando em Curitiba-PR. Já morou em Edimburgo, a capital da Escócia por quase 2 anos. Criou o blog pra contar um pouco mais sobre como foi o seu intercâmbio na terra dos Kilts e das Gaitas de Fole, e também, sobre suas viagens pelo mundo.
Bruna Bartolamei
Siga-me
Postado em Escócia, Glasgow
Booking.com
  1. francisco cruz 04/11/2014 | 22:29

    gostei muito das informações. Gostaria de receber informações sobre a previsão de inverno no UK e Glasgow em final de dezembro 2014 e inicio de janeiro 2015.
    existe informação de que podemos ter um inverno muito rigoroso, gostaria de saber mais sobre as previsões

    • Contando as Horas 05/11/2014 | 22:40

      Oi, Francisco

      A melhor forma de vc saber o que encontrar com relação ao clima durante os dias da tua viagem é dar uma olhada no site da BBC Scotland, na parte da previsão do tempo.

      Costuma ser bem frio, as vezes pode nevar, mas como o tempo anda meio louco ultimamente, não dá pra ter certeza de nada. O bom mesmo é ir acompanhando a previsão do tempo.

      Uns meses atrás eu escrevi um post sobre esse assunto, vc pode ver aqui:
      http://contandoashoras.com/2013/10/22/o-tempo-em-edimburgo-e-na-escocia/

      Obrigada pela visita aqui no blog!

  2. Marília 30/01/2015 | 16:54

    Oi Bruna,

    Estou adorando o site, informações essenciais para quem irá à Escócia pela primeira vez.
    Irei a um evento que será realizado na SSE Hydro Arena e ficarei hospedada no Best Western City (próximo à Charing Cross). Sabes me falar qual a melhor forma de fazer este trajeto, o evento terminará à noite, entre 20 e 21 horas, e não sei se seria seguro ir embora à pé nesse horário.
    Bjo

  3. Contando as Horas 06/02/2015 | 01:14

    Oi, Marília

    Problema em ir a pé nesse horario vc não vai ter. Mas não sei se vc chegou a ver no google maps, esses lugares não são super próximo, mas tbm não são longes. Nao tem estaçao de metro proximo, mas tem estaçao de trem. So se vc pegar um trem (aqueles sinais vermelhos que aparecem no google maps, indicam que é uma estaçao de trem).

    Obrigada pela visita aqui no blog! :D

  4. Rachel 25/10/2016 | 20:16

    Oi, Bruna. Tudo bem?? Estamos devorando seu blog. Resolvemos passar o reveillon em Edimburgo e de quebra vamos conhecer Glasgow. A minha dúvida é: estou vendo os trens de Edimburgo para Glasgow mas quando entro no site da ScotRail não aparece nenhum horário. Isso é porque o trem esgotou ou porque estou adiantada?? Sabe me dizer? E parabéns pelo blog! Bjs

    • Contando as Horas 27/10/2016 | 04:42

      Oi, Rachel

      Teoricamente as passagens estão a venda com 90 dias de antecedência da data desejada, o que nesse teu caso, ja deveria estar a venda. Muito estranho! Essa linha Edimburgo – Glasgow é super movimentada, acredito que em época de final de ano eles coloquem mais trens. Acreito que as passagens não estejam esgotadas não. Espera mais uns dias e tenta ver novamente se tem disponibilidade de compra, talvez o site esteja com algum problema.

      Aproveite Edimburgo no final do ano, é muito legal!

      Obrigada pela visita aqui no blog!

Deixe o seu comentário...